Controlar o Media Center através do comando da TV

As televisões mais recentes deverão estar habilitadas para controlar dispositivos HDMI, através da função CEC, isto faz com que com o nosso comando da tv possamos controlar os diversos equipamentos a ela ligados. Isto torna-se uma ilusão quando o equipamento não suporta HDMI-CEC, ou seja, para que isto aconteça o CEC tem de existir em ambos os dispositivos.

Deparei-me com um pequeno senão na instalação do Asus EEEbox EB1033, a TV Sony Bravia suporta em pleno o CEC, mas o EEEbox não, ora isto torna um pesadelo para quem o pretende utilizar, pois estava a contar que seria uma função da TV e HDMI e nunca imaginaria que o PC tivesse que suportar esta função.

Para este pequeno problema existe uma solução para um media center XBMC, chama-se USB-CEC Adapter da Pulse Eight. Este pequeno adaptador é colocado entre a TV e o PC na ficha HDMI, adicionalmente liga-se a uma entrada USB, que dará os inputs de comando.

Custa aproximadamente 36 Euros, e cabe a cada um selecionar se pretende usar o comando da TV, ou colocar um comando adicional na divisão da casa.

Pessoalmente, utilizo HDMI-CEC no quarto com o Raspberry Pi, que tem por defeito o CEC ativado, a TV como é uma Sony recente, funciona em pleno. Na sala, como tenho uma máquina à medida e um LCD de 2007 sem HDMI-CEC, uso o iPad e o Smart Phone, tenho um comando de media center parado.





0 comentários:

100 Mbps na Meo... Mas na realidade é 1/4 da velocidade

Não me surpreendo com isto, mas se tenho contratados 100Mbps deveria andar lá nos 80/90Mbps. O que na pratica não acontece.
Ou seja, se tinha 30 Mbps, ao fazer upgrade para 100, a velocidade de download e upload deveriam subir bastante. Na pratica face aos anteriores 30 Mbps, apenas o upload aumentou.

Acho que vou ter de chatear a PT!

1 comentários:

XBMC Add-on: Tune-In Radio

Acrescentei ao meu repositório para XBMC, um novo add-on de rádio, o Tune-In Radio. Gosto particularmente do Tune-In pois é simples e muito eficaz.

Já utilizava o Tune-In nos tempos do Windows Media Center, no iPad e no Windows Phone. Daí que recomendo vivamente a instalação deste add-on.

Para facilmente utilizares o repositório, pode seguir aqui as instruções.

Aqui vão uns screenshots do plugin.

Entrada

A tocar a Rádio Comercial

Lista de Rádios Favoritas



0 comentários:

Openelec no Asus EEE EB1033

Asus EEEbox EB1033
Quem quiser instalar um mediacenter bastante mais potente que um Raspberry Pi, convém fazer (como eu) uma máquina à medida com certo requisitos, mas como disse no post anterior, se corre bem no Raspi, corre bem em quase todas as máquinas, é óbvio que é preciso ter em atenção ao ruído, qualidade gráfica, etc...

Esta manhã configurei um Asus EEE EB1033, um pequeno pc equipado com processador Atom Dual Core de 1.8GHz, 2GB de RAM e Gráfica Nvidia ION.
Portas não faltam, 4 USB 2.0 + 2 USB 3.0, Leitor de Cartões, VGA e HDMI, Microfone e saída de audio, Placa de Rede Gigabit e WLan norma N.

Ou seja, tudo isto por duzentos e poucos euros é muito bom, o ruído é algo inexistente, possui encaixe Vesa e respetivo suporte, e ainda um suporte para deixar a máquina na vertical.

Instalei a versão ION do Openelec, em poucos minutos estava instalado, depois foi só configurar os pormenores, como nome da máquina e homegroup e instalar os add-ons habituais, conforme expliquei num tutorial uns posts atrás,

A performance ficou excelente e o comportamento da máquina muito bom! Recomendo esta máquina para quem pretenda algo com boa performance, compacta e silenciosa.

2 comentários:

Febre Raspberry Pi e a configuração ideal

Dia após dia tenho sentido que começou a febre Raspberry Pi, até mesmo pessoas que não esperava tem vindo ter comigo perguntar-me como é que podem fazer para ter um, se posso ajudar a configurar, se realmente funciona, etc...´

Sinto que pelo facto de cada vez mais pessoas experimentarem, mostrarem, toda a gente fica com vontade de ter um! Eu admito que no meio onde contacto, nomeadamente na minha área de trabalho, que é onde de muitos que acompanham este blog me conhecem, que apesar de poucos comentários tenho visto as estatísticas a crescerem dia após dia, e clientes, parceiros, colegas, amigos e familiares abordam-me repetidamente com o tema... é como digo a todos, não paga conta nenhum, é apenas algo que faço por desporto e pelo gosto pela tecnologia, pois apesar de trabalhar na área, uma coisa é ajudar a decidir o rumo tecnológico de algumas empresas neste país, outra é meter as mãos na massa. ou seja o bichinho de técnico, mesmo após estes anos todos na área comercial, e quem me conhece sabe bem!

As pessoas que normalmente questionam não procuram instalar um OS em Linux para utilização genérica, mas sim apenas e só para correr o XBMC.

E por isso uma das perguntas que mais me fazem é: "Qual das várias distribuições para instalar o XBMC recomendas?"
A resposta é sempre a mesma! Dependo do que queres fazer! Queres apenas e só correr o XBMC? Não queres correr serviços adicionais? Então recomendo que instales o Openelec. Porquê? A resposta é simples, porque o Openelec foi desenvolvido para isso mesmo, não permite muito mais, mas tem um boot extremamente rápido e é fácil de instalar e fazer overclok.

Se és como eu, um tipo que nunca está satisfeito como o que está impecável, instala o Raspbmc, pois tens um Debian bem maneiro por baixo, onde podes adicionar serviços à tua rede, como por exemplo configurar um servidor VPN. Apesar do Openelec estar acessível por SSH, não podemos ter acesso a um comando básico, como por exemplo o APT-GET que nos permite fazer muita coisa, mas por outro lado é mesmo a razão da existência dele e ainda bem que é assim!

Uma vez que o Raspi tem chegado a tanta gente, aproveitem e façam como eu, partilhem a vossa experiência com os outros!

5 comentários:

Raspberry Pi no Carro (CarPuter)

Há muito que penso nisto... e com o aparecimento do Raspberry Pi abriu-se uma séria possibilidade de o fazer, ou como digo, ir fazendo...
Para já não quero um sistema de Carputer como se vê por aí com possibilidade de controlar todo o carro, computador de bordo, pressão de óleo, etc... Para isso necessitaria de uma máquina mesmo robusta e muito mais hardware, nomeadamente de controladora ODB2, perceber imenso de eletrónica e de automóveis. Na prática o que pretendo é transportar parte do meu mediacenter doméstico para o carro, e que sirva para quem vai à frente e a minha filha que vai no banco de trás.

A ideia é por em prática o seguinte esquema que fiz:


Tenho na mala do carro um compartimento fechado de espaço razoável com uma tomada de isqueiro de 12v. A essa tomada ligo uma Bateria de 20.000 mAh que permitirá ligar o Raspberry Pi à tomada mais potente e assim conseguir fazer overcloking do mesmo sem problemas, a bateria servirá para alimentar o RPi sem estar a desligar o RPi abruptamente e constantemente. A mesma bateria irá alimentar um Hub USB 2.0 de pelo menos 5 portas, através da tomada com menos potência, para isso terei de arranjar um Hub USB alimentado e trocar a ficha de alimentação por uma porta USB. A ficha de HOST do Hub USB deverá ser ligada a uma das portas do RPi para poder ligar nesta fase 3 flash drives com música, videos e vidos infantis.
Se pudesse ser muito preciosista colocaria um Disco SSD alimentado, mas isso iria onerar bastante esta ideia, para além que pode ser feito a qualquer momento.
Colocaria no RPi uma saída dupla de RCA de video para um Ecran de 4,3" a colocar na frente, e a outra saída ligaria a um ecran de 7" a colocar no encosto de cabeça para ficar bem visível no banco de trás. Desta forma o vídeo seria apresentado em ambos os ecrans.
Ligaria ainda uma saída dupla de jack de 3,5 de audio, uma saída ligaria a uns auscultadores wireless para a minha utilizar no banco de trás enquanto eu vou à frente a ouvir música via rádio/cd normal. A outra saída iria ligar a modulador FM que possibilita sintonizar uma estação de rádio e me permite escutar nas colunas do carro todos os videos ou música que o RPi está a reproduzir.
Para comandar tudo isto, posso ligar o meu comando RF para media center e faze-lo através do banco da frente, ou o mais certo é instalar uma pen usb wifi e configurar o RPi como AP/Router e assim posso comandar tudo através do smartphone.

A ver vamos se a ideia se vai reproduzindo...

P.S. Acesso à internet, ainda não :) Obrigado.

3 comentários:

XBMC Add-on: RTP Play

Um dos leitores deste blog, Enen92, desenvolveu um interessante add-on para XBMC que permite visualizar no XBMC os conteúdos do site RTP Play.

Testei o add-on, que me pareceu muito interessante e útil, para ver os vários canais de TV e rádios da RTP em direto, bem como os conteúdos disponíveis on-demand.

Saliento a importância deste add-on, uma vez que faltam conteúdos para XBMC em Português, ou seja, está muito por fazer... Até à bem pouco tempo utilizava o SportsDevil configurado com o TvDez.com para ver os canais portugueses, mas ultimamente até esse está em baixo. Daí que incentivo aos programadores a fazer algo do género com base nos sites de streaming existentes.

Obrigado Enen92 pelo teu contributo para todos nós!

Link para o Forum XBMC: http://forum.xbmc.org/showthread.php?tid=154645
Link para download do Add-On: https://code.google.com/p/plugin-video-rtpplay-xbmc/downloads/detail?name=repository.RTPplay.xbmc.zip&can=2&q=





2 comentários:

Android no Raspberry Pi

Como sabemos quem possui Meo ADSL, só pode ver tv onde tem box, onde não a tem, só pode ver através de dispositivos analógicos... tipo: Pirâmides A/V, Modulador de TV, etc... Isto torna-se um problema quando temos mais que uma TV em casa e alguém pretende ver um programa diferente.

Assim sendo, e a pedido de um familiar decidi testar o Android no Raspberry Pi, com a ideia de instalar Meo Go no Android e assim ver legalmente TV... Ora fiz a instalação de forma simples e normal utilizando os processos habituais... (Quem quiser um tutorial pode busca-lo aqui.) Após instalação feita, reparo que o comando não funciona! O home screen é exatamente igual ao de um smartphone (estilo android 2.2/2.3) com Desbloquear/Mute, liguei um rato (que se comporta de uma forma estranha), e andei a navegar nos poucos menus existentes... Não existe Google Play (Market), daí que penso que só as apps só deverão funcionar através de download de ficheiros APK... Ou seja, é possível neste momento instalar Android no RPi, mas para fazer uns testes, pois existem imensos erros na abertura das aplicações.
Espero que quem está à frente do projeto consiga chegar uma versão estável e usável do Android e que possibilitasse o uso de um comando.

Desta forma e sem qualquer alternativa sugeri ao meu familiar a compra de um pequeno stick com Android TV que se encontra à venda por aproximadamente 35 Euros... Ainda não testei, nem penso testar, mas pelos reviews que encontrei, parece fazer aquilo que diz e vale o que custa, isto é claro, porque vem diretamente da China!

2 comentários:

Amahi Home Server

Conforme tinha dito num post anterior andei a "cozinhar" um novo servidor doméstico, com o Amahi Home Server.
Na prática basta instalar Ubuntu 12.04 LTS, e instalar o HDA (Home Digital Assistant) do Amahi... A solução é simples de instalar, contudo para mim não funcionou como gostaria. Se bem que pode ter muita utilidade para quem quer ter um "servidor caseiro" always-on (e quem me conhece sabe bem que não o faço por achar um desperdício de energia), para além disso só faz praticamente sentido o uso Amahi quando utilizado como DHCP Server... Daí a obrigação de estar sempre ligado...

Assim sendo como tenho Meo, o router tem de ser o DHCP server obrigatoriamente por causa da box de TV, mesmo que não tivesse Meo, se a máquina de Amahi fosse o DHCP server, teria que estar continuamente ligada.... ou seja... no meu caso: Nada Feito!

Quem tenha um cenário onde queira implementar o Amahi, ficará interessante, muito pelo uso das apps disponíveis... Se bem que podem ser instaladas no FreeNas de outras formas.

2 comentários:

Rede Doméstica (Ited)

Vivo numa casa nova desde Maio de 2012, uma das boas novidades era possuir rede de cabo UTP Cat. 5e, que permite obter velocidades de rede até 1 Gbps, desde que (como é obvio) os equipamentos suportem gigabit.

Ora tudo isto esta ao nosso dispor, mas os prestadores de serviços dos operadores de comunicações querem apenas o facilitar o seu trabalho. No meu caso, com a Meo, instalaram tudo na sala. Passaram a fibra até lá, e nesse local colocaram o ONT e o Router. O ONT é onde a fibra liga directamente e o equipamento modula o na rede coaxial para colocar os 70 canais pela casa toda, para isso injectam na tomada coaxial de TV desde a sala, ao invés de injectarem o sinal no próprio bastidor Ited.
O mesmo se passa com a rede, ao colocarem o router na sala, permite que tenha na sala 4 ligações de rede a 100Mbps, mas impossibilita que possa colocar o telefone fixo onde gostaria de o ter, por exemplo, na entrada da casa, pois aí fica central e acessível de qualquer divisão, para além de me obrigar a ter um único telefone, pois como injectam a rede na única tomada existente na sala, fico sem tomada para injectar o telefone.
No meu caso, remediei o problema colocando um router dentro do bastidor Ited, uma vez que abrindo o bastidor, na parte de trás existe uma tomada para o efeito, o espaço de fato não é muito, mas deu para colocar o router a fazer de switch/ap e desta forma ampliei a rede Wireless com um segundo SSID. Não está do meu gosto, mas dá para desenrascar...
O ideal era mesmo colocarem tudo dentro do bastidor, ONT e Router, assim aproveitávamos directamente a função switch do router, para alimentar as portas da rede domestica, podíamos ligar a tomada Voip do telefone na ficha do hall de entrada, e o sinal coaxial analógico era injectado directamente no bastidor, assim poderíamos ver sinal analógico também na sala, para por exemplo, gravar directamente no mediacenter os canais que quisermos.

No meu caso tenho 5 tomadas disponíveis no bastidor e faria as ligações da seguinte forma:
Tomada 1: Suite
Tomada 2: Quarto
Tomada 3: Sala
Tomada 4: Cozinha

Com isto as 4 portas do router ficariam completas.

Depois bastava ligar a na quinta tomada o cabo de telefonia Voip que iria dar direto ao Hall de entrada onde teria o telefone fixo.

Resumindo, caso tenham uma instalação destas para fazer em breve, sigam estas recomendações, senão ficam como eu, não querem mexer na fibra e depois nada podem fazer!

0 comentários: