XBMC: OpenElec 3.0 já rola!

Olá a todos!!

O OpenElec saíu finalmente da versão beta e saiu finalmente a versão 3.0 final!

A versão 3.0 já vem com a última versão do XBMC Frodo 12.1 e já inclui imagens para o Arctic MC001, bem como o nosso conhecido e muito afamado Raspberry Pi!

Os melhoramentos da versão 3.0 do OpenElec estão no suporte para áudio Dolby True-HD e DTS-MA, tem melhor suporte para AirPlay da Apple, melhorias ainda na TV em direto, aceleração por hardware em alguns GPUs, etc...

O OpenElec é a versão que recomendo para utilizadores menos experientes, seja em PC ou em Raspi.

Como instalar no Raspberry Pi? Simples... Basta seguir o tutorial aqui do blog. Os links tem já a versão 3.0 disponível!

Quem quiser fazer update para a versão 3.0, que siga as indicações do wiki do OpenElec.


10 comentários:

De volta da garagem...

Olá a todos!

Hoje foi dia de ficar por casa, como havia prometido fui para a garagem de manha... É incrível a quantidade de tralha que se junta e nota-se quando se passa de um T3 grande com uma garagem grande, para um T2 normal com uma garagem que quase só cabe o meu carro (o carro é grande!)...

A ideia era criar uma prateleira adicional no fundo da garagem e uma bancada amovível, uma vez que na casa digital o espaço não é muito para tralhas digitais! :) e assim fiz. Após uma guerra para nivelar mais ou menos tudo, sim, porque estou longe de ser o pro da bricolage, mas admito que dei largos passos em frente! Estava eu a falar da guerra para nivelar tudo, uma vez que o chão da garagem não ajuda mesmo, as medidas em altura não batem certo então após ter furado tudo tive que compensar o desnível com anilhas... Enfim, trabalhos amadores!

Apesar de já ter montado tudo, ainda tenho que organizar muita coisa e em 2 horas e meia de trabalho a evolução foi razoável! Espero organizar isto em breve... A ver ser arranjo um tempinho para isso!

Fica a foto do panorama inicial da parede em que estive a trabalhar esta manha.

0 comentários:

Home Server: Reposição de Dados

Olá a todos...

Pois é, como expliquei anteriormente estourou-se um disco de 1TB do Home Server e agora lá estou eu a fazer mais uma vez a reposição de ficheiros...

Numa rede a 100Mbps o processo é lento e pode ser penoso, dependendo do volume de dados que existe na Casa Digital. Neste momento encontro-me a copiar as fotografias, que são ficheiros pequenos de 4/5 mega, logo mais demorado, mas mesmo assim noto que está bem mais rápido desde que intervi na rede doméstica. Em 1 hora copiei cerca de 9GB, o que numa rede a 100Mbps não é mau! Pois estou a copiar dados do mediacenter que está no meu apartamento (piso 1) para a garagem (piso -1) e com 2 routers, 1 switch e 2 powerlines pelo meio. Amanhã já devo ter este processo todo terminado!

Para a reposição utilizo um software muito básico, mas interessante que é o RichCopy da Microsoft, que permite fazer backup de dados em 3 ficheiros em simultâneo e tem pormenores nas opções bem interessantes. Não é o supra sumo da banana, mas para solução doméstica serve!

Amanhã vou-me dedicar (se possível!) a aumentar a minha bancada na garagem, a ideia é colocar uma bancada amovível para quando é necessário mais tralha informática em tão pouco espaço disponível! :)

A ver vamos..

RichCopy - 9,2GB em 1hora, Rede a 100Mbps
.

0 comentários:

XBMC Add-on: Boblight - O XBMC e as Luzes LED

Olá a todos!

Não sou e estou longe de ser um fanático por luzes LED, mas agrada-me de certa forma o ambiente que criam!

Uma das funções que existe há pelo menos uns 2 anos é o Boblight, este add-on é um conjunto de ferramentas que permite controlar luzes ligadas a um controlador externo. Na prática o add-on cria efeitos de luzes baseado nas capturas de video traduzindo esses efeitos para o controlador externo, normalmente pelo que vejo usam um Arduíno.

Existe um grupo de discussão no google sobre o tema para desenvolvimento e como o fazer, existe ainda o suporte no forum do XBMC.

A funcionalidade está ainda disponível para o Raspberry Pi, para tal basta dar uma olhada neste link.

Apesar de conhecer a tecnologia, ainda não me debrucei sobre este assunto, pois tenho coisas prioritárias para fazer, mas acredito que este tema possa interessar a muito de vocês e por isso partilho! A prazo poderá ser algo em que vá pensar, mas para já vou deixar o assunto ser explorado por vocês!

Partilho convosco um vídeo (já antigo mas bom!) do ambiente criado em funcionamento, para que caso não conheçam possam ver com os vossos próprios olhos e quem sabe implementar na vossa Casa Digital!

Agora quero as vossas opiniões, o que acham de tudo isto?


1 comentários:

A Minha Casa Digital - Nas Redes Sociais

Olá a todos!

A Minha Casa Digital está a modernizar-se e está nas redes sociais! Assim, sem ter que visitar obrigatoriamente o blog, poderão estar a par das últimas novidades!

Segue abaixo a lista de links:

Facebook - www.facebook.com/aminhacasadigital
Faz um like na página e ficarás a par de novos posts no blog! Coloquei o RSS Grafitti a tratar disso!

Youtube - www.youtube.com/user/aMinhaCasaDigital/
Subscreve a página do youtube, e ficarás a par de novos vídeos colocados, com tutoriais e dicas.

Fórum - http://forum.aminhacasadigital.com
Inscreve-te no fórum e participa, aprendendo um pouco mais e partilhando com os outros.



0 comentários:

Como actualizar o libRTMP em Linux / Raspberry Pi

Olá a todos!

Segue o vídeo que me pediram!

Os ficheiros necessários estão em: http://files.aminhacasadigital.com/libRTMP%20Atualizacao/

12 comentários:

RasPlex: O Plex Media Center para Raspberry Pi

Olá a todos!

Para quem não sabe, existe o Plex Media Center, que é uma aplicação de Media Center baseada em XBMC, assim como foi o Boxee no passado (eu usei durante muito tempo).

O projeto Plex é um projeto muito interessante, na prática é composto por:

Plex Media Server
O Plex Media Server pode ser instalado em Windows, MacOS, Linux e em alguns NAS. Está pensado para ser o repositório central de ficheiros multimédia numa rede doméstica, tal qual um home server.


Plex Media Center
A versão para ligar um PC à TV, seja em Windows ou MacOS. A app que deu origem ao projeto Plex.
É possível ainda utiliza-lo nos mediaplayers da Roku, em app para Windows8, nos televisores Smart da Samsung e da LG, bem como na Google TV.


É possível ainda utiliza-lo em equipamentos Android, iOS, Windows Phone e Windows 8 RT. Fora isso é ainda possível aceder a tudo isto através da internet.

A grande novidade é que o Plex passou a estar disponível para Raspberry Pi, podendo o Raspi desde então aceder ao Plex Media Center e buscar todos os conteúdos. O OS chama-se RasPlex, ainda não testei dada a falta de tempo na criação do Forum da Casa Digital, mas trata-se de um avanço interessante da Plex!

Agora perguntam vocês, com todos este benefícios de integração do Plex, porque raio tu não o usas? E eu respondo: É simples, o Plex não é completamente Open Source, não tem uma comunidade de desenvolvimento tão grande quanto a do XBMC, daí só agora estar a lançar o OS para o Raspi! Depois, o XBMC preenche todas as necessidades que tenho ao nível doméstico e excede até em algumas! Mais ainda, o Plex tem fins lucrativos, com uma componente comercial mais forte, existem partes que são pagas, por exemplo, as Apps para dispositivos móveis.

Mas como é óbvio, cabe a cada um estar atento às tecnologias e se algum dia estivermos interessados, podemos migrar, ou até usar ambas as tecnologias! No meu caso posso instalar o Plex no meu Windows Home Server e configurar um Raspberry Pi para testar, enquanto tenho o XBMC estável a correr! Contudo preocupa-me muito o caminho que uma empresa com fins comerciais possa seguir, como aconteceu com o Boxee, que passou para dentro de dispositivos da D-Link e mais alguns fabricantes, deixando de funcionar em Windows, Linux e em MacOS.

Partilho um vídeo do RaspPlex em funcionamento num Raspberry Pi modelo B.



13 comentários:

Raspberry Pi: Todas as Distribuições Disponíveis

Olá a todos!

As distribuições para Raspberry Pi mais conhecidas são como já sabemos o Raspbian, o Raspbmc e o Openelec.

Existem contudo muitas outras distribuições que não são tão faladas, não deixando isso de ser interessantes, uma das que mais me cativa é poder utilizar o Raspberry Pi como Thin Client, e sei que se tivesse uma porta DVi ou VGA seria utilizado por muitas empresas deste país, e mesmo em nossa casa!

Segue um quadro retirado do wiki do eLinux.org com todas as distribuições:

Link: http://elinux.org/RPi_Distributions#Available_Distributions

Distribution Type armhf Image/Installer User:Pass
Kali Linux No image root:toor
Arch Linux ARM Linux Yes raw image root:root
BerryTerminal Linux No Image N/A
Bodhi Linux Raspbian Yes img+md5sum pi/bodhilinux 
(sudo su root/bodhilinux)
Debian ARM Linux No raw image pi:raspberry
Fedora Remix Linux Yes Fedora RPM: installer N/A
Windows Zip: installer
Other Linux: Python script
Gentoo Linux Linux Yes Wiki article Quick Install Guide  N/A
stage3 tarball
IPFire Linux No raw image (404 error from their own website) N/A
Meego MER + XBMC Linux (embedded) No   N/A
Moebius Raspbian Yes Raw Image root: raspi
openSUSE Linux 3.1 No raw image root:linux
OpenWRT Linux No Image first login with telnet 
set your SSH pw
PiBang Linux Linux Yes Latest image (user created at first boot)
PwnPi Linux No Image root:toor
QtonPi Linux No qt 5 sdk + sdcard image root:rootme
qtonpi:qtonpi
Raspbian Linux Yes pi image list  root:hexxeh
qemu image root:raspbian
  pi:raspberry
OpenELEC Linux 3.6.11 (embedded) Yes install instructions root:openelec
build instructions - part 1 (ssh only)
build instructions - part 2  
official builds  
raw image (unofficial)  
XBian 1.0 Alpha 5 Raspbian Yes Windows installer  xbian:raspberry
Latest images 
Install instructions
raspbmc Raspbian Yes linux installer  pi:raspberry
windows installer
RISC OS RISC OS No Latest official image  (not applicable)
SliTaz Linux 3.2.27 Yes raw image root:root
Aros hosted on Raspbian Limited Demo Mixed Debian6 and Aros No Binaries and run ./where/ever/AEROS/boot/AROSbootstrap pi:raspberry
Plan9 Plan 9 No raw image  
SlaXBMCRPi Linux 3.6.11+ No Raw Image (Developer)  root:slaxbmcrpi
Raw Image (Minimal) 
Manual Installer 
Install Instructions (Windows/Linux)

2 comentários:

O backup doméstico VS a desilusão dos discos sem garantia...

Olá a todos!

Penso que devem concordar comigo, no que diz respeito à segurança dos nossos dados domésticos, ou seja, devemos todos ter dados que consideramos críticos e que em caso algum ousamos pensar perder essas informações. No meu caso, considero que os meus dados críticos são as fotografias e as filmagens, para mim são dados que não posso imaginar sequer perder, pois são o resultado e o resumo de longos anos, experiências e vivências...

Para armazenar toda esta informação é necessário espaço em disco, que a informação esteja facilmente acessível e de forma simples a todas as pessoas que a usam, no meu caso sou eu e a minha esposa. Contudo torna-se uma dor de cabeça pelo facto de os dados não param de crescer a um ritmo alucinante e o velho método do disco externo deixou rapidamente de ser viável. Por outro lado os discos estão cada vez maiores, que por um lado é bom, mas por outro lado é mau, imaginem por exemplo perder 1, 2 ou 3 TB de informação de uma só vez!

No meu caso tenho toda a informação centralizada no media Center da sala, onde posso visualizar todas as fotos, filmagens, filmes, series, etc... A informação é replicada com um Home Server que se encontra ligado por rede até à minha garagem, a maquina é. Ligada sempre que há dados novos e desligada de seguida, ora sendo de uma utilização pouco intensiva, parto do principio que terá menos tendência para avarias, principalmente a nível de discos... Mas quando menos imaginamos, o azar espreita e este fim de semana um disco de 1TB resolveu avariar, fui verificar a garantia tinha acabado recentemente, de facto não perdi dados, pois a falha aconteceu no sistema que armazena a copia de segurança, mas é de facto uma chatice ter que comprar disco atras de disco e ter que repor dados continuamente... Fora ainda ficar preocupado em caso de falha de um disco no repositório principal.

Chegamos a um ponto tal, em que a informação que temos em nossas casas é de contexto diferente da que temos nas nossas empresas, mas mesmo assim não deixa de ser extremamente importante e critica. Por isso recomendo que tenham sempre um backup fiável dos vossos dados e começa a ser interessante a possibilidade de backup na cloud, se bem que os custos para grandes volumes de informação ainda são puxados, mas a seu tempo será uma realidade.


0 comentários:

Forum - A Minha Casa Digital - Inaugurado!!

Olá a todos!

É com prazer que inauguro oficialmente o Forum! Peço a todos, sem excepção que se registem no forum, e coloquem os vossos pedidos, ideias, questões, duvidas e iluminações neste forum.

Link: http://forum.aminhacasadigital.com

Sei que vai começar muito devagarinho, mas há medida que formos colocando conteúdo mais visitantes irão aparecer e contribuir com ideias!

Saliento, que todos os pedidos de ajudar, apartir deste momento deverão ser colocados na área do forum, por favor entendam que eu sozinho não posso responder a todos os pedidos de ajuda por email, comentários no blog, e que juntos poderemos ir muito mais longe e aprender muito mais uns com os outros!

Sei também que o forum irá precisar de alguns ajustes nos forums disponíveis, mas sei também que irão compreender que é normal que isso aconteça! Afinal, Roma não foi construída em um dia... Mas o nosso forum sim! :)

Apareçam, conto com a vossa participação!

Ricardo Azevedo

2 comentários:

Forum - Em construção

A pedido de várias famílias, avancei para a criação do forum da Minha Casa Digital. É um desafio grande que temos pela frente!

Resta agora esperar que fique prontinho...

Necessito de ideias para os temas a colocar, bem como para toda a construção do forum...

Podem ir consultando a evolução no link abaixo, registando-se, etc... Para que na data de inauguração já tenhamos alguns utilizadores.

Aceito ainda candidaturas a moderador, para tal aguardo que me enviem o vosso perfil, algo tipo os temas que dominam e em que áreas se sentem mais à vontade! Mandem-me um email para rmcazevedo@gmail.com

Link para o Forum: http://forum.aminhacasadigital.com

7 comentários:

A migração do XBMCbuntu Eden para o Frodo 12.1

Como disse no post anterior, tenho um XBMCbuntu no HTPC da sala com a versão Eden, e vou agora tratar de migra-lo para a 12.1.
O Ubuntu está na versão 11 e vou passa-lo para a 12.1... Mas é melhor não!

Vou fazer um video disto e vamos ver como corre! Tenho um backup de todos os dados na garagem, por isso tenho tudo assegurado!



Pronto já está! Simples e eficaz! Reiniciei o HTPC e estava 100% funcional excepto o add-on Pseudo-TV, que sei que não é compatível com a versão 12 (ainda!)

Como viram no vídeo, basta aceder por SSH e executar os comandos, no meu caso achei estranho algumas respostas que tive, tive que fazer update algumas vezes, mas ficou impec!

Link: http://wiki.xbmc.org/index.php?title=XBMCbuntu#Upgrading_XBMC_via_ppa_in_XBMCbuntu

Comandos:

sudo apt-get install python-software-properties pkg-config
sudo ppa-purge -r ppa:whatever-ppa-you-have-now
sudo add-apt-repository ppa:whatever-ppa-here
sudo apt-get update
sudo apt-get upgrade
sudo apt-get install xbmc xbmc.bin

Disfrutem da versão 12.1 que eu vou ver um filmezinho! :)

0 comentários:

XBMC 12.1 - Já disponível

Foi lançada a versão 12.1 do XBMC, no sentido de corrigir alguns bugs existentes na versão de lançamento do Frodo 12.0.

As alterações principais podem ser validadas no site oficial do XBMC, neste link.

Na minha sala, no HTPC ainda tenho a versão Eden... E estou tentado a estourar com o Eden e passar para o Frodo 12.1..

Até já!




0 comentários:

XBMC novo addon em Português: Banca de Jornais

O Enen92 resolveu ficar até as 4 da manhã e desenvolveu um novo add-on para o XBMC.
Partilho aqui o texto que ele me enviou. Mais um post de texto de autor e mais um add-on em Português!

Deixo o desafio a todos para mais iniciativas destas!

Ricardo Azevedo


-----------------


Por sugestão de um utilizador (Nuno Serra) do XBMC na comunidade recentemente criada neste blog (https://plus.google.com/communities/106926805836560714110), decidi criar um pequeno e simples addon de imagem para o XBMC que permita ver as capas dos jornais nacionais a partir do XBMC. As capas são obtidas através do site Banca Sapo, à semelhança das aplicações que já existem para Android ou iOs.
Podem fazer o download do repositório do addon nesta ligação:
Desta forma, têm acesso às capas dos jornais nacionais generalistas, de desporto, de tecnologia, económicos e de algumas revistas.
Deixo-vos algumas imagens do plugin em funcionamento numa televisão com XBMC instalado numa Raspberry PI:





Aproveito desde já para vos convidar a visitar e a aderir à comunidade que foi criada,
ENEN92

6 comentários:

Carregador de pilhas

O Lidl por vezes surpreende com uns produtos interessantes!
Desta vez é um carregador de pilhas multi-formato, um aspeto engraçado, e funções interessantes.


  • Indicado para pilhas recarregáveis Ni-Cd e Ni-MH
  • Funções: teste rápido, descarga e manutenção de carga
  • Proteção contra sobrecarga e inversão de polaridade
  • 3 anos de garantia


  • Á venda em 28 de Março por 8,99 euros.
    http://www.lidl.pt/cps/rde/xchg/lidl_pt/hs.xsl/index_34128.htm

    0 comentários:

    Mudanças no Quadro ITED

    Hoje andei de volta do quadro ITED cá de casa, estava um emaranhado de cabos enorme, pois quando fiz as ligações tinha apenas chicotes de rede de 3 metros de categoria 5e.

    A rede CAT5e permite fazer 10/100/1000 Mbps, contudo nesta fase ainda não estou a utilizar essa velocidade uma vez que o switch da Meo tem apenas portas a 10/100Mbps e não sei até que ponto terei vantagens uma vez que estou sempre dependente do router da Meo para o serviço de DHCP (por causa da box), bem como uma vez que se encontra na sala tenho lá ligado o Mediacenter e servidor de ficheiros cá de casa. Assim sendo para tirar verdadeiro partido do gigabit teria que comprar 2 switch a Gigabit um para a sala (ligando a uma das portas ao router da Meo) e outro no quadro Ited, desta forma teria rede a gigabit entre 2  máquinas, o Mediacenter e o Raspberry Pi que está no meu quarto.
    Analisando a coisa de forma sensata, concluo quenunca iria tirar partido do Gigabit:

    • O Raspberry Pi tem porta a 10/100 Mbps, logo a velocidade baixaria para 100Mbps. 
    • O disco multimédia que se encontra no quarto da minha também tem porta a 100Mbps.
    • Os restantes acessos à rede doméstica são feitos por wireless N, fornecido pelo router da Meo, nomeadamente para 2 portáteis, 2 tablets, 2 smartphones.
    • Tenho ainda o PLC AP(powerline converter access point) ligado dentro do quadro ITED, que teóricamente diz que suporta velocidades até 200Mbps, que fornece rede para a garagem que se encontra no piso -1, onde ligo o Powerline EndPoint, que fornece rede a um router Asus que tem 4 portas a 100Mbps e Wireless N.
    Organizei o pequeno bastidor, que por dentro tem um miserável aspeto de obras mal acabadas! Mas acabei por deixa-lo por fora com um aspeto razoável, colocando chicotes de 0,5 Mt.

    Este pequeno bastidor fornece rede para toda a casa, vindo o sinal do router Meo da sala, e distribui para 2 quartos, hall e cozinha. Com o PLC AP a fazer uplink dentro do bastidor, consigo extender a rede física até à garagem.

    O aspeto final ficou assim:

    Dentro do Bastidor

    Painel Frontal do Bastidor

    0 comentários:

    Comunidade Criada - A minha casa digital

    Olá a todos!

    Após ter conversado com o Enen92, achamos que existe uma necessidade nacional de discutir temas e ideias sobre projetos muito abordados neste blog com alguma frequência, nomeadamente XBMC e Raspberry Pi.

    A participar na Comunidade, temos o Enen92 e o Fightnight, que são até ao momento os principais Devs de add-ons para XBMC em Portugal.

    Gostaria que participassem e nos ajudassem a ajudar!

    Participem e visitem já no link da comunidade presente aqui mesmo ao lado direito do ecran!

    Link para a comunidade.

    Nesta fase conteúdos precisam-se!

    6 comentários:

    Feliz Dia do Pai

    Hoje estou dedicado a temas familiares! Sou Pai e filho!
    Um feliz dia dos Pais para todos!

    0 comentários:

    XBMC: Uma opção de tema para hardware de menor potência, Por: ENEN92

    Existe uma razão pela qual a equipa do xbmc optou por utilizar o tema Confluence como tema padrão do XBMC. É um tema simples, intuitivo, rápido e muito pouco “pesado”. Esta última característica torna possível a sua utilização em dispositivos cuja potência é claramente mais baixa quando comparado com o hardware (HTPC's) expectável num verdadeiro media center. Apesar de existirem outros temas que correm em hardware como a Raspberry PI com uma performance semelhante ao do tema Confluence (exemplo: tema quartz) , este continua a ser o tema mais indicado para este tipo de sistemas.
    Existe contudo um grande entrave à utilização do tema padrão: a quase ausência de costumização, um dos requisitos fundamentais quando lidamos com software open-source. Este entrave é particularmente notório nas alterações dos painéis de fundo do XBMC e na costumização dos menus. Para solucionar este 'problema' existem modificações ao tema padrão e que funcionam a 100% para a versão Frodo do xbmc (v12.0). Olhamos hoje para uma destas alternativas: o Confluence Modified.

    Para o instalar, é necessário efectuar o download do repositório spacemonkey  aqui:  http://bit.ly/Ww1DlA e instalá-lo de forma similar aos outros repositórios:

    Sistema → Configurações → Addons → Instalar a partir de ficheiro zip e localizar o zip que foi transferido.

    Posteriormente é necessário fazer o download do addon a partir do repositório:

    Sistema → Configurações → Addons → Obter addons → Repositório SpaceMonkey → Tema → Confluence Modified → Instalar.

    Este addon de tema traz várias dependencias de origem que serão instaladas automaticamente:ArtworkDownloader,SkinWidgets,script.favourites,script.randomandlastitems.
    Em baixo estão listadas as principais alterações ao tema original que o Confluence modified traz:

    Costumização do Menu e Sub-menu:

    ·         Possibilidade de criar até 3 novos menus no menu inicial com submenus à sua escolha
    ·         Possibilidade de criar 3 submenus por submenu
    ·         Os items costumizados no topo podem ser quer um video, uma playlist ou um addon.
    ·         Tornar inactivo qualquer item de um submenu (exemplo: actores, género, etc)
    ·         Costumizar qual a biblioteca a abrir quando se escolhe um menu: filmes, series ou música.
    ·         Escolher a cor do tipo de letra do menu.



    Opções da janela inicial:
    ·         Items não vistos recentemente adicionados ou recomendados (filmes, series e concertos) são adicionados pela dependência Skin Widgets
    ·         Costumização do painel de fundo
    ·         Ecrã de fundo do tempo, baseado nas condições climatéricas actuais.

    Outras funcionalidades:
    ·         Logotipos de filmes e séries, mais tipos de vista para as janela, fanart e informações dos ficheiros.
    ·         Widget de pesquisa modificado
    ·         Definição do plugin de legendas como o botão pré-definido no video OSD.
    ·         Botão para lançar o Artwork Downloader a partir da janela de informação de um vídeo da biblioteca.

    Screenshots:






    Exemplo das suas potencialidades:

    Colocar os addons Wareztuga.tv e RTP Play no menu principal:



    O Resultado final:



    Ficamos assim com um tema mais apelativo em termos visuais do que o Confluence original e com uma performance bastante aceitável para a raspberry PI.

    Saudações,

    Enen92




    1 comentários:

    Aquário Led com ciclo de 24 horas

    Este é o aquário que replica o brilho e a progressão da luz solar, proporcionando assim aos peixes um habitat mais natural, saudável.

    Ao contrário das abruptas, luzes gritantes encontradas na maioria dos aquários, este modelo LED  ilumina e escurece gradualmente em sincronia com um temporizador de 24 horas, imitando os efeitos do sol nascendo e se pondo.

    À noite, o LED produz uma cor azul quente, replicando o luar.

    Fonte: http://www.hammacher.com/Product/Default.aspx?sku=11548&promo=Home-Living-Pets&catid=142

    0 comentários:

    Raspbian Virtualizado no PC

    Quem ainda não experimentou o Raspbian pode desde há algum tempo testar uma solução virtualizada, com o QEMU.

    Basta para tal, fazer o download no link abaixo, fazer unzip e executar o Qemu. O hypervisor Qemu nesta versão já tem a versão do Raspbian instalada.

    Não é o supra sumo da banana(!), mas dá para perceber como funciona o OS, fica um pouco lento e com uma resolução péssima.

    Download: http://garr.dl.sourceforge.net/project/rpiqemuwindows/qemu.zip


    0 comentários:

    Texto de Autor: XBMC - Atualizar o libRTMP - Por: Enen92

    Olá a todos!

    Hoje dou início a uma rubrica chamada Texto de Autor, basicamente são outras pessoas que irão desenvolver posts com novidades relacionadas com temas de interesse geral.

    A estreia é do ENEN92, o developer de add-ons para o XBMC como o RTP Play e o MoovK.com.

    ------------------------------------------

    XBMC – Actualização da librtmp (Sportsdevil/Tv Portuguesa)
    Para todos aqueles que utilizam streaming addons cujos ficheiros de vídeo sejam partilhados por protocolos rtmp (real time message protocol) chegou a altura de actualizar mais uma vez a librtmp. Esta actualização é fundamental para que se tire o maior proveito de addons como o SportsDevil e a TV Portuguesa. Provavelmente, muitos de vocês já verificaram que muitos dos streams do SportsDevil “não funcionam” ou deixaram de funcionar.
    A librtmp é uma biblioteca do pacote rtmpdump (http://rtmpdump.mplayerhq.hu/) para linux. O rtmpdump, por sua vez, é um programa que permite determinar o endereço dos ficheiros de vídeo partilhados por rtmp de forma a que seja possível fazer o seu download (suporta os protocolos rtmp://, rtmpt://, rtmpe://, rtmpte://, and rtmps://).
    O XBMC traz de origem uma cópia da librtmp mais recente do pacote estável do rtmpdump. No entanto, a tecnologia de streaming está em constante evolução aparecendo de forma contínua novas patchs (pelo user K-S-V) para responder à evolução desta tecnologia. É importante notar que pelo facto de serem patchs não são suportadas de forma oficial pelo rtmpdump, devendo por este motivo ser actualizadas por conta e risco de cada utilizador no xbmc.
    Recentemente foi lançada uma nova patch da librtmp para resolver os endereços de streaming de sites como o liveflash, o ucaster ou o mips.tv.
    Para actualizar a librtmp é (na maioria dos sistemas) apenas necessário substituir o ficheiro actualmente existente no xbmc pela última versão mais recente previamente compiladaSe a sua plataforma não estiver listada, é necessário compilar o ficheiro. Em baixo encontram-se a localização dos ficheiros para as plataformas mais utilizadas e o respectivo endereço de download da versão mais recente:
    Windows:
    Localização: Program Files/XBMC/system/players/dvdplayer/librtmp.dll
    Novo ficheiro (librtmp.dll) para download: http://www.mediafire.com/?r74xx4nb8klmtv6

    iOS (Apple TV, iPod Touch, iPhone):
    Localização AppleTV 2: /Applications/XBMC.frappliance/Frameworks/librtmp.0.dylib
    Localização iDevices: /Applications/XBMC.app/Frameworks/librtmp.0.dylib
    Localização OS X: /Applications/XBMC.app/Contents/Frameworks/librtmp.0.dylib
    Novo ficheiro (librtmp.0.dylib) para download:

    Raspberry PI:
    Localização: Dependente do sistema operativo. Para raspbmc ver o endereço: https://code.google.com/p/librtmp-raspbmc/

    Linux:
    Localização: Variável. Utilizar comando: find / | grep librtmp.so.0
    Ficheiro mais recente (librtmp.so.0) pré-compilado: http://www.mediafire.com/?x4cvp5hl4m9xr
    Instruções para compilação:
    Assumindo que já dispoem previamente de todos os pacotes necessários para compilar o ficheiro (git, gcc, binutils, build-essential) e todas as dependencias necessárias (OpenSSL, Zlib). Faça o download do pactote rtmpdump contendo o patch:
    1. Clone o repositório:
    git clone git://git.ffmpeg.org/rtmpdump
    2. Copie o ficheiro de patch do pacote para a pasta do rtmpdump e aplique o patch:
    patch -p0 -i Patch.diff
    3. Compile e instale
    make
    sudo make install prefix=/usr

    Com o devido agradecimento ao K-S-V pelas patches e ao user Redpenguin pela compilação dos ficheiros,
    Enen92

    26 comentários: