Em testes...

Olá a todos!

Ando aqui na Casa Digital em testes... Mal tenha novidades, faço um post!

O que é... ainda está no segredo dos Deuses!

0 comentários:

XBMC Addon: SubSonic (Música)

Olá a todos!

Antes de mais, um excelente dia de sábado para todos vocês!

E por ser sábado, quero dar-vos bem cedinho ideias para implementarem na vossa Casa Digital, desta vez e conforme prometido com foco na música!

Há uns dias atrás apresentei-vos o Subsonic... onde expliquei todas as vantagens para uso em casa e fora de casa, quer seja num pc, num smartphone ou até mesmo quando vão a casa de um amigo e querem mostrar-lhe "aquela" música que compraram recentemente. Ou seja, ficam com a vossa música na vossa cloud de música privada, bem ao estilo do Spotify, Deezer, Rdio, etc... mas sem limites!

Encontrei este pequeno addon para XBMC do Subsonic, tive algum trabalhito a ajustar o ficheiro, uma vez que a instalação não dava... Já está disponível no repositório de addons da Minha Casa Digital na secção de Música. O addon em si, não é nada de especial, faz com toda a dignidade tudo o que é necessário, ou seja, aceder ao Subsonic dentro ou fora da nossa rede doméstica e fica impecável!

Experimentem p.f. é altamente recomendável!

Bom fim de semana para todos!

P.S.: Aqui vão uns screenshots do iPad

Secção Música

Configuração em Rede Doméstica

Painel Subsonic

Lista de Albuns

Detalhe Album

A tocar...



1 comentários:

A Minha Casa Digital de cara lavada!

Olá a todos!

Hoje decidi alterar o template para uma que facilita mais a navegação e coloca um aspeto mais "clean". Espero que a navegação melhore. Às vezes também é necessário mudar a decoração da Casa Digital e foi isso que fiz!

O Forum tem estado um pouco estranho, o número de utilizadores não pára de crescer já estamos quase com 200 users, mas tem estado um pouco parado. É importante que quem se regista, que participe e que se ajudem mutuamente, não podendo ser apenas eu, o enen92, o fightnight, o carocha e mais algumas participações ativas... Peço a todos a vossa partipação.

2 comentários:

A saga Lycamobile continua...

Olá a todos!

Hoje experimentei o Lycamobile fora das áreas normais que frequento, isso fez com que necessitasse de aceder à VPN, estranhamente não funcionou, nem para a empresa, nem para casa. Ou seja, sem VPN é uma treta. 

Então tentei perceber o porquê de indicar "Roaming" constantemente, tentei perceber a localização do IP e encontrei isto:

Inicialmente apareceu-me como estivesse na Suiça.

O ip location finder também indica que estava na Suíça.



Por fim...percebo que também estaria em UK, e indica que o provider é a Lycatel.


Por fim, fiz este vídeo para verem o que eu vi... Acabei por encontrar um que afinal dizia que estava em Matosinhos... E estava!


 
 
Alguém me consegue ajudar a entender isto? Será um proxy? Certamente... Mas porque não permite ligações VPN? Pelo facto de ser um proxy? Talvez...
 
Estou mesmo baralhado! Alguém?!

5 comentários:

OwnCloud no Raspberry Pi

Olá a todos!

O Miguel Borges de Freitas abordou o tema OwnCloud recentemente como complemento para a biblioteca digital, acho contudo que o tema merece um destaque adicional...

Estamos numa fase em que todos falamos de cloud, e falando de cloud poderemos falar de cloud pública (partilhada por todos), cloud privada e cloud híbrida, ou seja, quanto temos um misto das duas anteriores. Acredito muito no conceito de cloud híbrida, uma vez que existirão conteúdos que colocaremos na cloud pública, mas outros em que certamente não confiaremos minimamente na cloud pública para os publicar. Falando de soluções domésticas, pode existir alguns entraves à cloud pública, mas muito poucos. Mas quando falamos de empresas o cenário muda de figura, neste caso a cloud híbrida faz todo o sentido, uma vez que a privacidade empresarial assim o obriga, bem como a criticidade dos serviços, a alta disponibilidade e a performance dos recursos é essencial, nisso a cloud híbrida assenta que nem uma luva, para serviços de replicação, continous data protection e disaster recovery... Bem, deixando de falar de trabalho e passando ao lazer, podemos brincar às clouds privadas em nossa casa com um Raspberry Pi e o OwnCloud... e foi assim que eu fiz!

O OwnCloud permite teres algo tipo Dropbox privada, com a vantagem de poderes fazer upload de múltiplas pastas, dar permissões a novos utilizadores, gerir espaço e não há muito mais a dizer! Por isso passemos à instalação, que também não pode ser mais simples... Poderão  aproveitar o tutorial do Miguel na parte do OwnCloud, ou então seguir no próprio site do OwnCloud, sendo aplicável a distribuição Debian.

Os passos são básicos, basta abrir o Putty, colocar as credenciais e entrar como root, para isso aconter coloca o seguinte comando:


sudo -i

Depois passamos à instalação do OwnCloud no Raspi:
echo 'deb http://download.opensuse.org/repositories/isv:ownCloud:community/Debian_6.0/ /' >> /etc/apt/sources.list.d/owncloud.list apt-get updateapt-get install owncloud
Depois adicionas a chave do repositório:
wget http://download.opensuse.org/repositories/isv:ownCloud:community/Debian_6.0/Release.keyapt-key add - < Release.key  

Mais simples impossível! Abres uma página do browser e colocas o ip do teu raspi/owncloud e voila!


Depois é só configurar, users, acessos, etc...

Depois disso basta escolher o cliente e instalar no equipamento...

Divirtam-se na vossa cloud privada!

3 comentários:

A Cloud e a Casa Digital

Olá a todos!

Como temos reparado, a cloud veio para ficar... Já podemos ver filmes e tv em streaming, ouvir rádio em streaming, ouvir as nossas músicas que alojamos na web, armazenar as nossas fotos na web e até aos nossos vídeos privados na web...

Chegaremos dentro de algum tempo ao ponto em que quase não teremos dados em casa guardados, e se os tivermos é por motivos de precaução para não ficarmos sem os nossos dados, não vá o serviço sofrer alterações ou até mesmo fechar! Pessoalmente acredito que terei sempre os meus dados guardados em casa, mas que só acederei a esses dados para adicionar novos conteúdos e não para visualização... Já acontece, mas será brevemente comum acedermos a um repositório na cloud, desde a casa dos nossos amigos, para mostrar as fotos das férias e os vídeos, através de qualquer tablet ou tv, bastando para isso colocar as nossas credenciais de acesso.

Para que tudo isto existisse era excelente que existisse um conceito de cloud que alojasse os nossos dados, vídeos, fotos, músicas (que já existe), mas que acima de tudo permitisse de forma simplificada apresentar todos estes conteúdos de forma eficaz em qualquer device de forma segura... Tudo isto já é possível, mas tipo serviços separados, algo tipo manta de retalhos...

No que me toca, falta-me serviço para alojar as fotos, são alguns anos de fotos digitais e mais alguns em analógica... Não encontrei um serviço gratuito capaz de armazenar todas as fotos sem limites de espaço ou número de fotos, talvez o Sapo Fotos dê, mas receio começar o trabalho e a meio receber indicações de limites. Também era excelente existir um XBMC Addon para este serviço, alguém disposto a fazê-lo? :)

Alguém conhece um serviço interessante onde possamos armazenar fotos sem limites? Aguardo os comentários!

8 comentários:

XBMC Addon: Google Music

Olá a todos!

Como espero que saibam a Google lançou recente em Portugal o serviço Google Music, é um conceito de streaming de música diferente do que temos visto (Spotify, Rdio, etc...) e também diferente do anteriormente testado SubSonic, uma vez que ao aderirmos gratuitamente ao serviço podemos adicionar à nossa conta 20 mil músicas, comprar músicas e dar músicas compradas podemos partilha-las com os amigos do Google+.

Ora sendo eu um adepto de ter as minhas músicas na ponta dos dedos em qualquer lugar, aderi ao serviço, fiz upload de algumas músicas que tinha à mão e instalei no smartphone o aplicativo e funcionou em pleno! Ora como é óbvio pensei, este serviço ficaria excelente no XBMC, onde fora poder desfrutar das minhas principais músicas, posso fazê-lo sem ter que necessariamente ligar a principal máquina cá de casa que tem as músicas alojadas! Bem como no XBMC no iPad, posso ouvi-las onde me apetecer...

Sem mais rodeios vou direto ao assunto... Hoje partilho convosco o XBMC Addon para o Google Music, que dá sempre um grande jeito ter à mão! O addon é bem simples, mas funciona a 100%. O addon está já disponível no repositório da Minha Casa Digital (espero que já tenham isso configurado) na secção de Música, deixo contudo aqui o link para os mais distraídos e alguns screenshots tirados no iPad.





1 comentários:

Lycamobile... A saga continua!

Olá a todos!

Eu sou um tipo com um karma danado... Após ter comprado no passado sábado o cartão da Lycamobile, chega-me hoje à empresa o cartão SIM que tinha encomendado online... Eu seja, andei a gastar 5 euros no cartão para nada! :)

Desbloquei a minha velha Vodafone Mobile Connect K3715, coloquei o cartão e ficou a funcionar sem qualquer carregamento, suspeito que durante 90 dias terá dados à borla! E depois por 5 euros de 90 em 90 dias! O primeiro fica colocadinho na placa 3G integrada no meu portatil... Assim dá para trabalho!

Com este segundo cartão, não sei se o entrego com a pen à minha esposa, ou se arranjo um router com bateria, conhecido como Hotspot, e assim uso futuramente no iPad/outros dispositivos quando estou fora de casa/escritório.

Para já parece-me bem!

1 comentários:

Lycamobile a funcionar!

Olá a todos!

Como havia dito, encomendei o cartão gratuito da Lycamobile, mas encomendei no início do mês e até à data nada chegou! Não entendo, o porquê de tanta publicidade se não entregam cartões!

Hoje fui à baixa do Porto dar uma volta com as mulheres cá de casa, e reparei que existiam imensos quiosques com cartazes a fazer menção à Lycamobile, entrei em 2 e estavam esgotados! Pensei... pudera!! Mas como à terceira é de vez, entrei num quiosque muito manhoso, com um cheiro a mijo assustador! E estava um velhote ao qual questiono se tinha, ele respondeu que não e perguntou-me afinal o que era a Lycamobile, que os tipos da Vasp mandaram colocar na porta e ele fez uma associação qualquer na cabeça dele e foi buscar uma caixa, o senhor tira um cartão da caixa e cobra-me 5 euros...




Ao chegar a casa, ligo o cartão no telemóvel e recebo alguns SMS, o cartão dizia que tinha 5 euros em chamadas, mas o saldo estava a zero... Tinha de carregar 5 euros obrigatóriamente. Fui ao homebanking, não encontrei opção para carregar o Lycamobile! Gaita! Percebi que tinha que registar o cartão no site da operadora, ou então ter comprado umas raspadinhas para carregar... Mas o velhote não teria ou não saberia de certeza! Registei, paguei 5 euros através do MBnet sem ter pagamentos automaticos... Fui ver o saldo fiquei com 5,50 Euros... que achei uma tourada, então não teria direito a 5 euros iniciais? Bem, mas também não esperei para receber mais sms e decidi colocar o cartão SIM na ranhura 3G do meu portátil... Que aceitou tranquilamente o cartão e os dados funcionaram bem!



Estranhei a indicação de roaming, quer no telemóvel, quer no portátil. Será normal?



O sinal ainda vou testar! Aqui em casa indica GSM, o que é estranho, pois vivo perto do centro do Porto... Mas aqui em casa, não interessa!

Se alguém mais tiver quiser dar feedback desta operadora que coloque comentário p.f.

15 comentários:

Tutorial: Subsonic - Streaming de Música Pessoal

Olá a todos!

Como sabem, ninguém possui todo o conhecimento do mundo, por isso necessito de ideias e sugestões para implementar / testar coisas novas na Casa Digital... Desta vez a sugestão foi feita pelo meu amigo e colega de trabalho Patrique Teixeira. Vai desde já o meu agradecimento para ele!

O tema de hoje é o SubSonic, este software está disponível para todas as plaformas, desde Windows MacOS, Linux e pode ainda ser instalado no nosso afamado Raspberry Pi. No meu caso, e como seria de esperar, fi-lo no Raspi e no meu HTPC com XBMCbuntu, por motivos apenas de testes de compatibilidade, mas irás necessitar apenas de uma máquina em casa com este software instalado.

O SubSonic, cria basicamente por portal que fica disponivel em http://ipdocomputador:4040 e abrindo as portas no router, poderá ser acedido do exterior de qualquer dispositivo, via browser, app iOS, android, Windows Phone, Windows 8, Backberry, etc... Na prática é algo tipo um Spotify, Rdio, etc... mas privado, para tu acederes às tuas músicas que tens em casa, sem nada mais à mistura!

Tutorial para Raspberry Pi / Linux (Ubuntu/Debian):

1. Abre num pc com Windows o Putty, e liga-te por SSH ao Raspi, introduz as credenciais de acesso
2. Instalar o Java
sudo apt-get install openjdk-6-jre

3. Fazer download do SubSonic, para ajudar ao download via linha de comando, simpliquei colocando o ficheiro no repositório de ficheiros da casa digital, para tal basta colocar o seguinte comando e aguardar que o download termine.
wget http://files.aminhacasadigital.com/testes/subsonic-4.8.deb

4. Após é necessário instalar o ficheiro com o seguinte comando:
dpkg -i subsonic-4.8.deb

5. É depois necessário alterar as permissões para o utilizador atual, uma vez que a base é o root. No meu Raspi o user é pi, basta fazer o seguinte:
sudo nano /etc/default/subsonic

Abre o editor de ficheiros e pesquisas por SUBSONIC_USER e colocas o teu nome de utilizador. Fazes Control+X para fechar, validas com Y para salvar, enter e está feito!


6. Reinicia o serviço do SubSonic com o seguinte comando
sudo service subsonic restart

7. Vais a http://ipdoteuraspi:4040 e já está a funcionar!


8. Depois de adicionar o caminho local ou na rede para o teu diretório de músicas e após salvar clicar em Scan media folders now.

9. Após isto o SubSonic está a funcionar!


10. Após isto configura os utilizadores, o port-forwarding no teu router para a porta 4040 encaminhando esta porta ao teu Raspi na porta 4040... 

Após isto terás acesso fora da tua rede local via Internet a todas as tuas músicas pessoais, no pc, no Smart Phone e no Tablet... Para tal deverás ver quais as apps disponíveis, algumas são pagas, outras não.

App para Android (Gratuita)

O SubSonic, tem ainda funções de video, TV Streaming, mas não me parece tão objetivo, nem feito nativamente para tal, pelo que ignorei essas funções. Se quiseres explorar essas funções e dar feedback seria óptimo!

Farei numa próxima oportunidade um post sobre a ligação de SubSonic ao XBMC... Mas fica para a próxima!

1 comentários:

Transforme a sua Raspberry PI na biblioteca da sua casa digital (Parte 2)


Assume-se que nesta fase do tutorial, o calibre-server já está instalado na sua RasPI e o calibre (cliente) no seu computador pessoal. Assume-se igualmente que o cartão de memória da Raspberry PI tem a partição do filesystem totalmente expandida (caso contrário ver o post: http://aminhacasadigital.blogspot.pt/2013/04/raspbian-wheezy-expandir-particao-para.html).
Possíveis formas de aceder ao terminal da Raspberry PI já foram abordadas anteriormente, como tal, assume-se que são conhecidas as possibilidades de o fazer.

Neste tutorial serão abordados os seguintes assuntos: utilizar um disco externo ou usb stick para servir de storage à sua biblioteca digital, a instalação de um Web Server na Raspberry PI, a instalação de um serviço de cloud na Raspberry PI (owncloud - um clone da dropbox) para que consiga alterar a biblioteca no seu computador e mantê-la sincronizada com a Raspberry PI; e o início de todos os serviços no boot da Raspberry Pi para que fiquem sempre activos quando a RasPI sofre reboot.

Instalar um Web Server na Raspberry PI

Para o web server iremos utilizar o Apache com SSL, PHP 5 e PHP APC (acelerador que fará com que as páginas carreguem mais rapidamente).

Antes de instalar qualquer pacote na RasPi convém actualizar a informação dos repositórios do Raspbian:

$ sudo apt-get update

Instalar os pacotes necessários para o Web-Server

$ sudo apt-get install apache2 php5 php5-json php5-gd php5-sqlite curl libcurl3 libcurl4-openssl-dev php5-curl php5-gd php5-cgi php-pear php5-dev build-essential libpcre3-dev php5 libapache2-mod-php5 php-apc

Instalar o PHP Apc:

$ sudo pecl install apc

Configurar o Web-Server. Precisamos de criar e editar o ficheiro apc.ini na directoria /etc/php5/cgi/conf.d/ de forma a adicionar o APC ao PHP.

$ sudo nano /etc/php5/cgi/conf.d/apc.ini

Neste ficheiro deverão ser adicionadas as seguintes três linhas. Guardar o ficheiro e sair. (Guardar = Ctrl + O ; Sair= Ctrl + Z):

extension=apc.so
apc.enabled=1
apc.shm_size=30

Configurar o php de forma a que seja possível fazer o upload de ficheiros até 1 GB.

$ sudo nano /etc/php5/apache2/php.ini

Neste ficheiro deverão ser alteradas as seguintes entradas:

upload_max_filesize = …  para upload_max_filesize=1024M
post_max_size =... para post_max_size=1024M

Posteriormente é necessário encontrar a secção das extensões e adicionar a extensão do apc:

extension=apc.so

Após estas alterações, guardar o ficheiro e sair. Necessitamos agora de configurar o Apache:

$ sudo nano /etc/apache2/sites-enabled/000-default

Neste ficheiro devem alterar a entrada Allowoverride=None para Allowoverride=All

Configurar o SSL (Secure Sockets Layer):

$ sudo a2enmod rewrite

$ sudo a2enmod headers

$ sudo openssl genrsa -des3 -out server.key 1024; sudo openssl rsa -in server.key -out server.key.insecure;sudo openssl req -new -key server.key -out server.csr;sudo openssl x509 -req -days 365 -in server.csr -signkey server.key -out server.crt;sudo cp server.crt /etc/ssl/certs;sudo cp server.key /etc/ssl/private;sudo a2enmod ssl;sudo a2ensite default-ssl


O último comando irá necessitar que coloque alguma informação (e.g. Key ). Após digitar a informação requisitada, reinicie o serviço Apache:

$ sudo service apache2 restart

No browser do seu computador se entrar em http://endereço-de-rede-da-raspberry-pi deverá encontrar a página default do Apache:






Instalar o Owncloud na Raspberry PI

Com o Apache e o PHP instalado e configurado, é necessário agora instalar o Owncloud (clone da Dropbox) na Raspberry Pi. Este serviço irá permitir que consiga sincronizar ficheiros ou pastas do seu computador com a RasPi.


Execute o seguinte comando para efectuar o download do pacote:

$ wget http://mirrors.owncloud.org/releases/owncloud-4.5.1.tar.bz2

Quando finalizado, deverá fazer o unzip do ficheiro:

$ sudo tar -xjf owncloud-4.5.1.tar.bz2

E copiar para a directoria Web da RasPi (/var/www):

$ sudo cp -r owncloud /var/www

Deverá atribuir a ownership da pasta ao utilizador www-data para que consiga fazer o upload de ficheiros

$ sudo chown -R www-data:www-data /var/www/owncloud/

Deverá também modificar o .htaccess para que este tenha o mesmo valor de upload que definiu anteriormente (1024M). Modifique as entradas necessárias com o seguinte comando:

$ sudo nano /var/www/owncloud/.htaccess


Montar o disco externo ou usbstick na Rasperry Pi para a Cloud

O disco externo irá servir de armazenamento à Cloud (incluindo a biblioteca de livros para o Calibre). Criemos a pasta /media/usbstick onde o disco ficará montado.

$ sudo mkdir /media/usbstick

Montemos o disco na pasta /media/usbstick . No meu caso, como é o único disco ligado à PI a localização do disco é /dev/sda. Caso tenham mais do que um disco conectado, os caminhos deverão ser /dev/sda1, /dev/sda2 e assim sucessivamente.

Montar o disco no filesystem da RasPI, pasta /media/usbstick:

$ sudo mount -t ext4 -o rw /dev/sda /media/usbstick/

O disco não deverá estar formatado em FAT (não tem permissões suficientes para o comando chown utilizado mais à frente). No meu caso, formatei o disco em ext4.

Seguidamente vamos criar um grupo de utilizadores chamado owncloudusers e adicionar os utilizadores pi e www-data. No fim, criaremos a pasta da Cloud no disco externo e atribuiremos ownership da pasta ao grupo de utilizadores criado.

$ sudo groupadd owncloudusers

$ sudo usermod -a -G owncloudusers pi

$ sudo usermod -a -G owncloudusers www-data

Criar a pasta owncloud no disco externo:

$ sudo mkdir /media/usbstick/owncloud

Atribuir permissões à pasta da owncloud e a ownership ao user www-data do grupo owncloudusers:

$ sudo chmod 770 /media/usbstick/owncloud/

$ sudo chown -R www-data:owncloudusers /media/usbstick/owncloud


Configurar o owncloud na RasPi

No seu browser, entre no endereço owncloud da sua RasPI: http://ip-de-rede-da-raspi/owncloud
Escolha um nome de utilizador e uma password e coloque a pasta que criou como caminho storage da Cloud:


Instalar o Owncloud client no seu computador e ligar à Owncloud criada na RasPI

O Owncloud client pode ser obtido em: https://owncloud.com/download
Está disponível para Windows, Mac OS ou Linux. Depois de instalado, deverá ser configurado de forma a “apontar” para a nossa Raspberry PI:






Será criada uma pasta chamada Owncloud no ambiente de trabalho do computador. Criem uma pasta dentro desta com um nome à vossa escolha, onde irão armazenar a vossa biblioteca de livros (no meu caso chamei-lhe bib).

Se entrarem novamente na Owncloud da vossa RasPI (http://endereço-da-raspi/owncloud) irão verificar  que foi criada uma pasta chamada “Clientsync”, dentro da qual existe a pasta que criaram, no meu caso a pasta “bib”.




Será esta a pasta para onde o Calibre-Server instalado na Raspberry PI irá apontar como a sua biblioteca. Antes disso, iremos configurar a biblioteca do Calibre do nosso computador para a pasta /Owncloud/bib do ambiente de trabalho do nosso computador.

Mudar localização do Calibre (computador pessoal) para a pasta partilhada

No separador Livros do programa Calibre, clicar em Mudar/criar biblioteca e seleccionar a pasta que criamos dentro da pasta Owncloud:



Desta forma, cada novo livro adicionado ou informação modificada será armazenado na pasta partilhada com a Raspberry PI, mantendo-se ambas as bibliotecas completamente sincronizadas. Qualquer alteração no computador...reflecte-se na RasPI.

Iniciar o Calibre-Server da RasPi na pasta partilhada

Uma vez que a pasta da biblioteca foi alterada (passou a ser a pasta partilhada) temos de apontar o calibre-server a essa pasta ( /media/usbstick/owncloud/clientsync/pi/files/bib).


$ sudo calibre-server --with-library=/media/usbstick/owncloud/pi/files/clientsync/bib --port=9292 --username=pi --password=raspberry --daemonize


Montar o disco externo e iniciar o calibre-server no boot da RasPi

Para permitir que quer o disco externo quer a biblioteca digital estejam sempre disponíveis, é necessário montar o disco e iniciar o serviço no boot. Uma forma de o conseguir é editar o ficheiro /etc/rc.local e colocar os comandos antes de “exit 0”. Este script é sempre executado como root quando a Raspberry Pi inicia.

Desta forma basta editar o ficheiro:

$ sudo nano /etc/rc.local


E adicionar as seguintes entradas imediatamente antes da linha “exit 0”

/bin/mount /dev/sda /media/usbstick

calibre-server --with-library=/media/usbstick/owncloud/pi/files/clientsync/bib --port=9292 --username=pi --password=raspberry --daemonize

Screenshots da biblioteca sincronizada:

Na cloud:




Na web:



No pc:


Notar que a biblioteca apenas está disponível na vossa rede doméstica. Se pretenderem aceder fora de casa, devem abrir as portas necessárias do vosso router apontando para o endereço de rede da vossa pi e para a porta respectiva (80 no caso do Apache/owncloud e 9292 para a biblioteca do calibre-server).

Até breve,

Miguel Borges de Freitas

0 comentários:

Nem só de um blog vive um blogger...

Olá a todos!

Tenho estado um pouco ausente da escrita, mas é como digo acima no título, nem só de um blog vive um blogger! e é bem verdade...

Tenho aqui alguns temas para debater e muitas a ideias para implementar, mas o tempo não sobra, nem sempre há vontade para implementar novas coisas, nem vontade para escrever quando numa semana as mulheres cá de casa resolveram ficar adoentadas... eu próprio ando estafado! Entre respostas, forum, atribuição de descontos na InMotion (que foi um sucesso!) digo-vos que não é fácil!

Por outro lado não quero sentir-me obrigado a escrever, pois isso tira.e a pica! E gostava mais que alguns de vocês partilhassem textos comigo... Para mim é sinceramente importante a partilha de informação, de conhecimento para que todos em conjunto possamos evoluir... Partilho convosco uma mensagem privada do Carocha para mim, em que ele pediu permissão para mencionar no forum outro blog de um português que tinha um tutorial do Openelec, visitei o blog que ele me indicou "Cria o teu Avatar" e gostei do que vi! Mas à parte de ter gostado, gosto e tenho orgulho em ajudar todos a crescer... Por isso escusam de me questionar se podem ou não fazer menção a este ou aquele blog ou forum... Como podem ter reparado, até à data não coloquei qualquer tipo de publicidade no blog e forum, sinceramente não tenho intenções de fazê-lo... pelo menos à data de hoje, se o fizer é porque houve algo que teve um bom peso na minha decisão. E mesmo assim não acredito que irei fazer algum tipo de censura no links para outros blogs, sites ou forums. A única coisa que não quero é a partilha de ficheiros ilegais em algo relacionado comigo.

Outra coisa que me tem chateado um pouco, é alguns leitores acharem que isto é "A Casa da Mãe Joana", sabem certamente o que vos quero dizer, afinal o termo não deverá ser assim tão nortenho... Em que há leitores que despejam pedidos de ajuda em série para a minha caixa de email e agora até no Google Plus, disparatados, em que nem sequer se dão trabalho de ler o blog e seguir os tutoriais, pesquisar no Google... É pá... para essas pessoas tenho a dizer que façam alguma coisinha e não contem apenas com a minha ajuda, não tarde começam a pedir que vá a casa configurar os vossa casa configurar os xbmcs, os raspberry pis em troca de uma sandes de fiambre e um copo de sumo! É certo que estou a tourear um pouco com o tema, mas sinceramente, se está tudo chapado neste blog, porque não o começam a ler? Ou então colocam no forum? No forum, começamos a ter pessoas com algum conhecimento que podem e gostam de ajudar, pelo menos dão-me uma bela ajuda, porque eu sou só um!

Bem... adiante! Amanhã vou postar aqui a segunda parte da biblioteca que o Miguel Borges de Freitas me disponibilizou já há dias... e que eu tenho andado sem tempo de passar tudo para aqui... às vezes parece mais fácil do que é! :)
A Casa da Mãe Joana tb existe no Brasil!

0 comentários:

TDA / XBMC Add-on: Guitar Tabs

Olá a todos,

O TVM é quem participa desta vez no "Textos de Autor", e desta vez apresenta o seu primeiro addon para XBMC. É um addon para os amantes da guitarra, onde poderão fazer uma pesquisa de banda ou música.

O addon já está disponível no nosso repositório de ficheiros da Minha Casa Digital.

Envio ainda o link do projeto no Google Code: http://repository-xbmc-tvm.googlecode.com/files/repository.xbmc.tvm-1.0.zip

Segue aqui o texto do TVM:

------------

Este addon foi feito a pensar nos utilizadores, que tal como eu, gostariam de saber tocar um pouco melhor guitarra. Nada melhor que recorrer a transcrições ( tabs ) para tentar facilitar essa tarefa.
O addon permite pesquisar pelo grupo/autor e tem também a possibilidade de pesquisa livre, que ira retornar tanto autores como nome das músicas.

Porque que este addon aparece como plugin.video se só contém imagens?

Eu espero que na versão 2.0.0 possamos tambem usufruir de um videoclip ( youtube ) ou pelo menos de um mp3/midi a tocar em background.

Desenvolvimentos futuros:
- Adicionar videoclip ou mp3
- Adicionar tanto o icon da banda como o fanart respectivo

Agradecimento especial ao enen92 e fightnight pelas dicas :)

Qualquer comentário, critica ou sugestão serão bem-vindos

Divirtam-se... :D

--------

Screenshots
Menu de Entrada


Resultados de Pesquisa


Tabs

3 comentários: