Análise: Outdoor Powerbank Sandberg 6000 mAh (IP67)

Com a febre do Pokémon GO, julgo que seja do interesse de muita gente andar a pesquisar powerbanks para poder jogar o vicio mais tempo, já que a bateria do telemóvel e Pokemon Go não combinam ;)
Dessa forma vou falar de um powerbank interessante pela certificação IP67, e dessa forma pode-se caçar pokemons em qualquer terreno sem preocupação de estragar o powerbank (avaria primeiro o smartphone).

Em termos de tamanho é bastante pequeno por comparação com outros powerbanks já analisados aqui no passado (por exemplo o Sandbeng 10400mAh) e bastante leve.

Unboxing


O powerbank tem um design um pouco diferente dos habituais powerbanks, na parte de cima tem a indicação da marca, assim como LEDs que indicam a percentagem de bateria (25%-50%-75%-100%) e o botão para ligar o powebank.
Quanto à zona frontal vamos ter duas entrada uma microUSB para carregar (1A) e uma USB (de 2.1A), ambas protegidas com uma "porta" de borracha.






Acessórios

Em relação a acessórios podem contar com uma fita e um mosquetão, tornando assim pronto para ser preso a qualquer lado.
Além disso vem com uma bolsa para guardar o powerbank e um cabo microUSB -> USB para carregar o powerbank. 


Testes


Para os testes utilizei um raspberry pi 2 com um dongle wifi, e um pequeno script para registar de minuto a minuto no cartão. Dessa forma sabendo o primeiro e último momento do log, pode-se saber quanto tempo o powerbank conseguiu manter o raspberry pi ligado.
Assim o powerbank manteve o raspberry pi ligado durante  11.90 horas. Como a utilização do raspberry rondou os 1.5W vamos ter  17.85 Watts hora, se dividirmos pela voltagem nominal (3,7V) vamos obter  4824 mAh, como o powerbank nunca descarrega por completo devido a protecções, significa que se consegue utilizar 80% da carga anunciada.
Também foi testado carregar um telemóvel com bateria de 2100mAh e demorou duas horas a carregar.
Em média podem contar com 2 cargas num telemóvel com bateria até 2500 mAh.
Quanto ao carregamento do powerbank em si, precisamos de cerca de 7 horas para voltamos a ter o powerbank a 100%.
A lanterna é utilizável, mas não contem com uma luz demasiado brilhante, será indicada para utilizar como lanterna secundária (como curiosidade é possível ativar modo SOS em que a lanterna pisca em código Morse essas letras).

Pontos Positivos


- Bastante robusto;
- Norma IP67;
- Lanterna;
- Perfeito para acampar.

Pontos Negativos


- Tempo de carga (seria interessante se tivesse algum mecanismo de carregamento rápido).

Conclusão


Com um design pequeno, robusto e diferente acaba por ser um aparelho que à primeira vista não faz lembrar um powerbank.
É interessante poder-se levar o powerbank para qualquer lado em férias e não nos preocuparmos que ele possa estragar-se já que é à prova de quedas e de água.
Diria que está perfeito para auxiliar no Pokemon GO (eheh).

Mais detalhes: Sandberg (custa cerca de 40€)



0 comentários: