Google revela novas métricas e reporting na Advertising Week Europe



Apoiar a indústria publicitária para medir o que realmente importa.

Se um milhão de árvores caíssem na floresta e se ninguém ouvisse, fariam algum barulho? E o que dizer de um milhão de impressões servidas mas ignoradas? É importante para os anunciantes garantirem que os seus anúncios publicitários alcancem não apenas o seu público mas que também captem a sua atenção - em escala. Hoje anunciamos novas funcionalidades de pesquisa e reporting para os anunciantes fazerem exactamente isto. 


O alcance é fundamental para garantir a um anunciante que está a dar escala à sua comunicação. Para ajudar um anunciante a conhecer o número de pessoas com que se relaciona estamos a lançar o Unique Reach in AdWords / Alcance Único no AdWords. Esta actualização permite saber o número de utilizadores únicos e a média de impressões por utilizador entre dispositivos, ecrãs e plataformas.

No entanto, a mera exposição à publicidade não é suficiente. Para ter um impacto real, os anúncios devem captar a atenção. E para maximizar essa mesma atenção, o anunciante precisa saber o que o seu público viu, ouviu e o tempo que passou com o respectivo anúncio.

Em termos globais, a visibilidade no YouTube aumentou para 93% em 2016, em comparação com 91% em 20151. Na Internet e nas aplicações a visualização de vídeos cresceu de 54% em 2015 para 66% em 2016.2 Os anúncios no YouTube são, também, audíveis em 95%.3.E, embora a visibilidade e audibilidade sejam importantes por si só, elas juntas são extremamente poderosas: ao analisarmos dados de mais de mil anúncios no YouTube, aprendemos que os utilizadores que vêem e ouvem anúncios têm uma maior consciência da marca, maior recordação do anúncio e maior consideração do que aqueles que apenas vêem ou ouvem anúncios 4.
 
Fonte: Google TrueView Brand Lift studies Aug-Sep 2016, Global, data for users with single impression. Data shows ratio of additive differences vs. control respondents for each group of viewers.Source: Google TrueView Brand Lift studies Aug-Sep 2016, Global. Data shows ratio of additive differences vs. control respondents for each group of viewers.
Mas mesmo com a garantia de que o seu público pode ver e ouvir determinado anúncio, continua a persistir a questão de se saber quanto tempo é que, realmente, os utilizadores despendem para assistir ao seu conteúdo. Para ajudar os anunciantes a obterem este tipo de detalhes, vamos começar a reportar o tempo de visualização das campanhas in-stream e bumper. Paralelamente às taxas de visualização e de audibilidade, o tempo de visualização proporciona outro sinal poderoso para perceber como as pessoas vêem os seus anúncios.

A partir de agora, os anunciantes ao terem acesso ao tempo de exibição das suas campanhas no YouTube, é possível perceberem quais são os anúncios que mantêm a atenção do espectador e quais os que têm maior probabilidade de terem impacto. 

Direccionar os resultados dos negócios no ambiente actual dos media significa prioritizar a atenção. No YouTube, os anunciantes podem tirar partido dessa combinação poderosa de visão e som dando-lhe escala para os mais de mil milhões de utilizadores e com a possibilidade de perceberem melhor quantos utilizadores conseguem alcançar nos diversos ecrãs e quanto tempo eles despendem. Estas métricas vão passar a estar disponíveis em breve no Google AdWords. 
Fontes:
1.      Google and DoubleClick advertising platforms data, Q4 2015 over Q4 2014
2.      Google and DoubleClick advertising platforms data, April 2016
3.      Google Internal Data, Global, August 2016 (when volume is at least 10% for YouTube ads)
4.      Google TrueView Brand Lift studies Aug-Sep 2016, Global. Data shows additive differences vs. control respondents for each group of viewers.

0 comentários: