Análise: Smartphone Xiaomi Mi5S (Snapdragon 821, 4GB RAM, 128GB ROM)


Aqui está um smartphone flashship da Xiaomi que finalmente veio a análise à AMCD, já passou por cá o Mi5 e o Mi5S Plus, agora é a vez do Mi5S. E temos aqui outro smartphone da Xiaomi que não desilude em quase nada.


Unboxing


À frente temos então um ecrã de 5.15 polegadas e em cima encontramos o LED de notificações, os sensores de luminosidade e proximidade, o altifalante para chamadas e a câmera. Em baixo encontram-se os botões capacitivos retro-iluminados, o botão do meio serve também como sensor de impressões digitais.

Em baixo temos o USB TypeC, microfone e o altifalante. De lado estão os botões de volume e energia  e do outro lado apenas o encaixe para os dois cartões SIM. Em cima temos o jack 3.5mm para audio.

Na traseira, no canto superior esquerdo, encontra-se a câmara com flash Dual LED, e ao centro, encontra-se o microfone. Em baixo tem a indicação da marca.




Acessórios


Na caixa vem o Mi 5s, um cabo USB->TypeC, um carregador rápido, o acessório para colocar os cartões SIM e os manuais.


Utilização


Neste ponto como seria de esperar, o smartphone comporta-se sem problema nenhum. O snapdragon 821 é mais que poderoso para nos proporcionar um desempenho bastante bom. Vem com a ROM global estável, portanto podem esperar ter PT-BR, quanto a PT-PT só conseguem com custom ROM ou mudando para a global de desenvolvimento.
Temos então 4GB RAM que chegam e sobram para termos todas as aplicações carregadas na memória, sendo bastante rápido mudar entre aplicações.
Além disso os 128GB ROM dão-nos bastante espaço de manobra para instalarmos aplicações à vontade assim como filmarmos e tirarmos as fotos que quisermos, já que temos cerca de 110GB livres.


No que toca ao habitual nos testes de GPS e Wifi não temos problemas nenhuns, a ter então em conta a falta da B20 o que não vai permitir 4G em todos os locais, nesses apenas se vai ter 3G.


Quanto ao ecrã, podemos contar com suporte para 10 dedos e a bateria é suficiente para durar 2 dias, com uma utilização mais intensiva deverá chegar para um dia.
O aspecto mais negativo de utilização é mesmo relacionado com o desbloqueio com a impressão digital, já que não é tão preciso como no Mi 5S Plus ou Mi5, e em 10 vezes é capaz de falhar 2 ou mais. A meu ver é mesmo este ponto que não o faz estar perto da perfeição para o preço que apresenta.





Benchmarks


Neste ponto podemos esperar uma prestação excepcional em todos os pontos.

3D Mark



A1 SD




Antutu



Geekbench





Vellamo






Camera


Fiquei bastante contente com a prestação da camera tanto a filmar como a fotografar. Continua a não estar ao nivel dos flagships da Huawei, Apple e Samsung no que toca a fotografias noturnas, mas também não podemos esquecer que custa menos de metade do que esses custam.




Pontos Negativos


- Falta Banda 20 (Em Portugal em zonas fora dos centros apenas se tem 3G);
- Apenas tem PT-BR na ROM global estável;
- Sensor de biométrico.


Pontos Positivos


- Qualidade de construção;
- Câmera;
- Desempenho;
- Excelente ecrã.


Conclusão




Em comparação com o Mi5, sim é um bom sucessor, apenas fica a peder no sensor biométrico e por não ter emissor IR, no entanto em tudo o resto é um bom upgrade ao Mi5. A camera está bastante interessante e consegue-se umas boas fotografias, e em termos de desempenho podem esperar um comportamento excelente e sempre fluído.
Como sempre se o 4G não for essencial para vocês em todo lado, não se importarem de colocar uma ROM melhor e não derem importância ao desbloqueio de ecrã por impressão digital, este é o smartphone para vocês.

Onde Comprar:
- Versão 3GB/64GB
Método de envio "Standard Shipping" - "Local Direct Express"

- Versões 4GB/128GB
- Em Branco;
- Em Cinza.
Método de envio "Priority Line" - "Spain Express"
Métodos válidos para Portugal Continental.

0 comentários: