A Tecnologia Bose para a Indústria Automóvel


A Bose foi nomeada Fornecedora Global pela Nissan Motor Corporation, recebendo o Prémio Global de Fornecedores 2017, no campo da inovação automotora com o sistema de som Bose® Personal® para o novo Nissan Micra.

Todos os anos, a Nissan reconhece a qualidade, excelência e inovação a partir da sua rede global de fornecedores. "Sentimos uma incrível honra por receber este prémio por parte da Nissan," afirmou Marc Mansell, vice-presidente da Bose Automotive Systems. "Temos um grupo de pessoas a trabalhar dedicadamente em novas tecnologias e produtos que as pessoas adoram. É pelo que lutamos todos os dias. Portanto, este tipo de reconhecimento é incrivelmente gratificante."


Não é a primeira vez que a Bose é reconhecida pelas suas soluções de car audio pela Nissan. Em 2015, a Bose ganhou o Prémio de Qualidade Global, novamente atribuído pela empresa japonesa, pelas suas contribuições no campo da eletrónica automotora. E durante 2013, a Bose foi também responsável pelo primeiro sistema de som Bose® Energy Efficient Series num veículo totalmente elétrico, o Nissan Leaf.

Em vez de simplesmente adicionar componentes a um veículo já fabricado ou de os distribuir em lojas especializadas, a Bose opta por trabalhar diretamente com fabricantes automóveis, concebendo sistemas áudio de modo a que sejam instalados de origem a bordo de modelos específicos, para uma experiência de audição à medida das características e do espaço acústico de cada automóvel. Com mais de 30 anos de experiência em car audio – aliando características inovadoras de áudio doméstico e profissional, desde design de colunas, amplificação de excelência e tecnologias de processamento de sinal – os sistemas Bose demarcam-se dos sistemas áudio convencionais pela sua envolvência sonora e identidade inigualáveis.

A Tecnologia Bose para a Indústria Automóvel

A Bose forjou um novo mundo de entretenimento em 1982, ao levar o áudio de alta fidelidade da sala de estar para o automóvel, criando o primeiro sistema de som integrado para modelos de luxo da General Motors. Porém, o que começou com um modesto sistema de 4 colunas num Cadillac Seville tornou-se numa indústria dedicada a subwoofers, amplificação de multicanais, equalizadores e leitores de DVD e em parcerias com mais de 15 fabricantes de automóveis.

Em 1988, lançou um sistema de som para o Nissan Maxima, o primeiro veículo da marca automóvel com um sistema Bose nos Estados Unidos. Nos anos seguintes, destacou-se na indústria automóvel europeia com sistemas de áudio integrado nas séries 200 e 100 da Audi; com a tecnologia Bose Acoustic Waveguide no Mazda RX-7; e através do processamento de sinal Centerpoint, que converte o sinal estéreo em múltiplos canais, resultando numa experiência sonora mais rica a partir de fontes como leitores de CD.

A evolução da indústria levou a maiores desafios técnicos que mobilizaram toda a experiência técnica da Bose. Com a chegada do Nissan LEAF em 2013, o desafio de levar áudio de alta qualidade aos consumidores ao mesmo tempo que se preservava a eficiência do veículo elétrico levou os engenheiros da Bose a desenvolver a Bose® Energy Efficient Series – equipamento mais compacto, mais leve e com uma menor pegada ecológica, sem esquecer um desempenho acústico de alto nível. A herança tecnológica e de alta fidelidade da Bose não está patente apenas na cooperação com a Nissan, mas também nos sistemas de som personalizados de automóveis como o Opel Ampera-E, Alfa Romeo Giulietta, Fiat 124 Spider, Porsche Cayenne, e nos modelos Mégane e Scénic da Renault.

0 comentários: