ASUS apresenta a motherboard B250 Mining Expert



A nova motherboard ASUS B250 Mining Expert suporta até 19 placas gráficas, pelo que é perfeita para implementações em estruturas de blockchain. Conta ainda com um robusto sistema de alimentação para assegurar estabilidade e inclui novo firmware para simplificar a implementação e o diagnóstico. O resultado é uma motherboard com capacidade incomparável, representando décadas de experiência ASUS no desenvolvimento de tecnologias de motherboard ímpares.

Uma vez que oferece mais slots PCI Express® (PCIe®) que qualquer outra motherboard para mining, a B250 Mining Expert pode partilhar mais GPUs com o mesmo CPU, quantidade de memória e espaço de armazenamento. O que significa que os utilizadores têm acesso a uma solução mais versátil e poderosa que leva a um rendimento superior por máquina, garantindo um retorno do investimento mais competitivo.


Recorrer a tantas placas gráficas em simultâneo implica que muita energia passe através dos canais PCI Express. Para assegurar estabilidade e impedir danos nos GPUs, a B250 Mining Expert pode ser alimentada por até três fontes de alimentação. Cada uma delas é ligada a um conector de 24 pinos separado ligado ao seu bloco de slots, pelo que os utilizadores podem facilmente alterar o número de placas que são utilizadas. Ao contrário de outras configurações de Mining, a utilização de várias fontes de alimentação com a B250 Mining Expert não implica modificações ou sequências de arranque manuais. Com a B250 Mining Expert, o utilizador tem somente que ligar os extensores PCIe à fonte que alimenta as slots que vão ser utilizadas.

As ferramentas de diagnóstico de arranque integradas na B250 Mining Expert simplificam a deteção de erros. Durante o processo de power-on self-test (POST), o PCIe Slot State Detection mostra o estado de cada slot PCI, permitindo uma rápida identificação de problemas relacionados com os GPUs ligados. Os resultados são mostrados no ecrã durante cinco segundos. Ao premir a tecla Pause/Break o utilizador pode consultar esses resultados durante mais tempo, se necessário.

O firmware da B250 Mining Expert inclui um modo especial de Mining ativado de fábrica, pelo que não é necessário entrar na BIOS UEFI para fazer alterações. Este modo liga o Above 4G Decoding, crítico para o suporte de grandes quantidades de placas gráficas. Desliga ainda o Launch CSM, permitindo que os UEFIs da motherboard e das placas gráficas se sincronizem entre si. O modo Mining define a interface PCIs para velocidades de Gen 1 pois ao baixar a velocidade de ligação o utilizador melhora a compatibilidade e estabilidade sem comprometer o desempenho, já que o sistema ajuda a prevenir erros que podem resultar da utilização de cabos tantas vezes necessários para ligar várias placas gráficas a uma única motherboard.

Para ficar a saber mais sobre esta motherboard única, consulte EdgeUp ASUS.

Preço e disponibilidade:
A motherboard ASUS B250 Mining Expert já está disponível em Portugal com um PVP recomendado de 176 euros.

0 comentários: