O Future Book Forum de 2017 organizado pela Canon discute o papel dos smart books na educação do futuro



O Future Book Forum de 2017, a quinta edição deste género, foi criado pela Canon para reunir a comunidade de editores e produtores de livros inovadores de todo o mundo. O Fórum explora as tendências futuras do mercado editorial e elabora soluções criativas que satisfazem as exigências crescentes dos clientes.

Com base nas principais conclusões tiradas do evento de 2016, o tema do Future Book Forum de 2017 foi 'The Smart Book', e analisou de que forma como os editores podem adaptar proactivamente o conteúdo de acordo com as preferências modernas do consumo de conteúdo através de diversas plataformas dos meios. Este tema foi debatido com especial foco no futuro da educação – ou Educação 4.0 – que é caracterizada alunos multigeracionais em formação contínua, que requerem material de educação adaptado às suas necessidades específicas e aos seus desafios.

Peter Wolf, Senior Director, Customer Group Commercial Printer and Production CRD da Canon Europa, referiu: "Com as vendas de livros físicos a aumentarem novamente, a comunidade de editores está otimista e confiante. O foco está agora na inovação, enquanto se desenvolvem mais processos de negócio dinâmicos para reduzir riscos comerciais associados a modelos editoriais analógicos. Isto requer uma colaboração próxima entre o editor e os fornecedores de impressão e tecnologia digital, que é precisamente o que a Canon quer simplificas com o Future Book Forum. Com um crescimento de 20% do público de ano para ano, torna-se claro que a comunidade de editores aprecia esta oportunidade única de se unirem e moldarem o futuro."


Liderado por Peter Fisk, estratega de negócio e professor de estratégia e inovação na IE Business School, o programa Future Book Forum de 2017 contou com oradores de destaque do mundo editorial, do marketing e da tecnologia.

Sven Fund (fullstop) descreveu os desafios e as oportunidades que o sector enfrenta, enquanto o Dr. Wolfgang Merkle (University of Applied Sciences Europe) demonstrou como a marca alemã de consumo omnicanal, Tchibo, coloca os clientes no centro da inovação de produtos e serviços. Por sua vez, a especialista em produção, Michaela Philipzen (Ullstein Verlag), e o especialista em digitalização, Alexander Markowetz, articularam as suas visões de uma maior integração e uniformização do ambiente editorial como base para a transformação digital. Kirsti Lonka (Universidade de Helsínquia) partilhou o mais recente pensamento académico sobre Educação 4.0, enquanto Peter Revsbech e Whitney Jorgenson (Ordsbogen) descreveram como as suas inovadoras plataformas de conteúdo com base em dados estão a revolucionar a educação na Dinamarca.

Os participantes assistiram também a histórias de Meteksan e Teknolist (Turquia) e de Livonia Print (Letónia), que explicaram a importância do "triângulo do conhecimento" entre o editor, o fornecedor de impressão e de o fornecedor de soluções no desenvolvimento de novas modelos de negócio de publicação, possibilitados pela impressão digital e tecnologias de fluxo de trabalho. Através de vários workshops colaborativos, 'action labs' e discussões de mesa redonda, os participantes tiveram a oportunidade de aprofundar estes temas, priorizando as características do "smart book" e debatendo o papel de modelos de conteúdo melhorados e personalizados na educação.

Peter Wolf conclui: "O Future Book Forum salienta que a digitalização é uma das inúmeras estratégias que a indústria editorial está a adotar para dar resposta à mudança. Um ponto de vista digital permite aos editores abraçar um futuro em que publicações de curta tiragem e entregas sob encomenda são a realidade, e em que a gestão mais proactiva do ciclo vital dos ativos de edição permite-lhes maximizar o valor comercial dos seus conteúdos.

"Os 'Smart Books' irão levar o setor para outro nível, integrando meios físicos e digitais de formas completamente diferentes que equilibram o valor do conteúdo com as necessidades do utilizador. O Future Book Forum de 2017 partilhou uma visão do futuro, na qual a tecnologia digital irá transformar os 'livros' em produtos e serviços estratificados que criam novos níveis de compromisso entre os clientes e o conteúdo que escolhem."

A Canon Europa planeia apresentar a próxima edição do Future Book Forum, em novembro de 2018.

0 comentários: