Impressoras profissionais Epson recebem certificação TI ISO/IEC 15408


A gama de multifunções para escritório de alta velocidade e rendimento elevado, Epson WorkForce Enterprise, recebeu a certificação, por responder aos critérios de segurança internacionais.
Epson obteve a certificação ISO/IEC 15408, por cumprir com a norma IEEE Std. 2600.2™ -2009(1) nas suas impressoras de alta velocidade, WorkForce Enterprise. Uma gama de impressoras profissionais, com cabeça de impressão em linha, a WorkForce Enterprise inclui os modelos WF-C20590, WF-C20590a, WF-C17590 y WF-C17590a.

A norma internacional IEEE Std. 2600.2™ -2009 especifica informação de segurança para equipamentos multifunções. Este nível de segurança pode incrementar-se consideravelmente ao incorporar funcionalidades de segurança que respondam à norma em questão, como identificação e autenticação do utilizador, controlo de acesso, proteção de rede, gestão de segurança, auto teste e registos controlados.

A certificação ISO/IEC 15408, também conhecida como Critério Comum (CC), é a norma internacional para a avaliação independente e objetiva das medidas de segurança em produtos tecnológicos e sistemas, com o objetivo de determinar um design e implementação corretos.

A Epson é uma empresa comprometida em oferecer aos seus clientes produtos que permitam manter uma sólida segurança da informação, ao mesmo tempo que uma elevada rentabilidade e uma utilização simples.


Notas:
A ISO/IEC 15408 avalia as versões específicas do firmware, manuais e outros componentes. A versão de firmware de um produto adquirido pode variar de acordo com a versão certificada. Podem existir limitações na funcionalidade do produto quando se utiliza uma versão certificada.
(1) U.S. Government Approved Protection Profile - U.S. Government Protection Profile for Hardcopy Devices Version 1.0 (IEEE Std. 2600.2™-2009)
(2) Estes produtos foram avaliados e certificados de acordo com o Japan Information Technology Security Evaluation e Certification Scheme (JISEC). A certificação não implica garantir que os produtos fiquem totalmente livres de violação. A certificação também não implica que os produtos estejam equipados com todas as funções de segurança necessárias para qualquer ambiente de operação.

0 comentários: