Novos gira-discos Pro-ject X-Line



Chama-se X-Line a nova família de produtos com a qual a austríaca Pro-Ject Audio Systems pretende renovar toda a sua gama média e alta de gira-discos.
Para criar os novos modelos, a empresa foi buscar inspiração às suas origens quando, em 1991, iniciou a atual revolução analógica ao lançar o gira-discos P1, considerado por muitos como o principal responsável pelo renovado interesse pelo vinilo.


O Pro-ject 1 surgiu numa altura em que o CD reinava sem oposição no mundo da alta fidelidade e os gira-discos capazes de oferecer um som de qualidade custavam muito mais do que aquilo que os consumidores consideravam razoável. O P1 mudou tudo, ao oferecer ao mercado um gira-discos que fazia a conjugação, até então inaudita, do som high-end com um preço low budget.

Segundo a Pro-Ject, três razões estiveram na base do sucesso do seu produto seminal – bem como das dezenas de outros que se lhe seguiram:
– Uma conceção simples mas tecnicamente correta;
– A utilização de materiais de alta qualidade;
– Um fabrico manual, com produção na Europa por engenheiros de topo
Agora, é a própria Pro-Ject que garante ter sido exatamente esse o critério por detrás dos novos modelos da X-Line, embora com uma fasquia de qualidade bastante mais alta: nada de funcionalidade supérfluas – que aumentam o preço e diminuem a qualidade do som – num equipamento estritamente manual, produzido com materiais de qualidade e que resultam num gira-discos de alta qualidade a um preço fantástico.
Ou seja, o mesmo conceito do P1 original mas melhorado em todos os aspetos, graças ao know-how acumulado ao longo de quase 30 anos e da utilização de novos e mais modernos processos de fabrico.

A família X

Os gira-discos X-line são declinados em duas sub-séries, X1 e X2, com a qual a Pro-ject irá ocupar as suas gamas média/média-alta. Em ambos os casos, a Pro-ject produziu máquinas com um desenho simples, elegante e depurado em que a única cedência às funcionalidades mais práticas é a presença de um controlo eletrónico de mudança de velocidade (33/45/78 rpm), que evita qualquer manipulação do prato e/ou da correia do gira-discos.
O X2 é uma versão mais substancial do X1, com um corpo em MDF maior e mais robusto, um prato acrílico mais pesado e outros detalhes de qualidade superior. Além disso, o X1 utiliza um braço de 8,6'' em alumínio, enquanto o X2 conta com um braço de especificação superior, de 9'', produzido em alumínio e fibra de carbono.
Os acabamentos disponíveis incluem preto e branco "high gloss" (acabamento com 8 camadas de tinta) e nogueira polida à mão e envernizada. O X2 está ainda disponível num acabamento especial em preto acetinado.

Preço e disponibilidade

Os gira-discos Pro-Ject X1 e X2 já estão disponíveis em Portugal, através da Supportview. O preço do X1 é de 699€, sem célula, ou de 799€ com célula Pick It S2. O X2 custa 999€, sem célula, ou 1099€ com célula Pick It 2M Silver.


0 comentários: