Zero Latency Lisboa lança Outbreak Origins, o primeiro ‘shooter’ de exploração num apocalipse zombie

A Zero Latency, o centro de realidade virtual mais avançado do mundo anunciou a disponibilização, no seu centro de Lisboa de um novo jogo: o Outbreak Origins. Este "personal shooter" terá uma duração de 30 minutos – à semelhança dos restantes jogos - e aproveita ao máximo os 225m2 das instalações da Zero Latency, podendo ser jogado por um máximo de 8 jogadores em simultâneo.
O Outbreak Origins decorre num mundo devastado no qual os Zombies conquistaram a terra após um vírus ter transformado população em mortos-vivos. Um grupo de jogadores precisa de resistir, atravessar zonas repletas de zombies e sobreviver até à chegada de uma equipa de resgate que os irá salvar.
Ao contrário de Zombie Survival, também disponível no Zero Latency, onde é necessário enfrentar vagas sucessivas de ataques de zombies e proteger a base, o Outbreak Origins é uma aventura de exploração no qual cada jogador irá deslocar-se na arena ao mesmo tempo que avança no mapa do jogo e sobrevive aos ataques dos zombies.


Trailer do Outbreak Origins disponível aqui

"Este novo jogo vem reafirmar a Zero Latency como o centro de entretenimento de realidade virtual mais avançado do mundo" explica Dulce Ramos, Responsável do Centro Zero Latency em Lisboa. "À semelhança de Singularity, o Outbreak Origins é uma experiência com um desenvolvimento de um videojogo clássico – com um princípio e um fim – mas num ambiente de realidade virtual, onde tudo acontece com recurso a uma tecnologia imersiva, sem cabos, numa área de 225m2 e com um máximo de 8 jogadores em simultâneo e que só é possível encontrar na Zero Latency", acrescenta Dulce Ramos.

Lisboa, o Centro de Realidade Virtual em Portugal
Desde 2016 já passaram pelos Centros Zero Latency mais de 700.000 jogadores, dos quais quase 30.000 em Lisboa, desde a sua abertura em Dezembro de 2017.  A rede Zero Latency conta actualmente com 24 centros de realidade virtual espalhados por 13 países e 4 continentes. Depois de Madrid, a Lisboa foi a segunda cidade europeia a receber um centro Zero Latency a que se seguiram outras cidades, entre elas, Barcelona, Munique, Nothingam e Dublin.
Com a chegada do jogo  Outbreak Origins passam a quatro os jogos disponíveis no Centro de Lisboa. Zombie Survival foi o primeiro a chegar e consiste numa aventura de sobrevivência em que um grupo de soldados tenta suster a investidas de zombies até à chegada de apoio. Mais tarde chegou Singularity, naquela que foi a primeira avebtura em que um jogador tinha de percorrer os corredores de uma nave espacial, lutar contra drones e disfrutar da liberdade de movimentos proporcionada pela Zero Latency.  No ano passado, foi a vez do jogo Engineerium, uma aventura de exploração e observação, sem armas, e onde os jogadores tinham de percorrer vários trilhos até encontrar os membros da sua tribo perdida.

Preços, idades, horários, reservas on-line e serviços para empresas

O Centro Zero Latency está localizado no Dolce Vita Tejo, ao lado da KidZania, junto à zona de restauração. O horário de funcionamento é de segunda a quinta-feira das 14:00 às 22:00, e na sexta-feira das 14:00 às 23:00. No sábado está aberto das 11:00 às 23:00 e no domingo das 11:00 às 22:00. A idade mínima para participar na experiência imersiva de realidade virtual é de 13 anos.

O preço por pessoa para jogar Outbreak Origins é de 29,95 por pessoa (1 hora)

Além das bilheteiras no centro, será também possível comprar bilhetes on-line, bastando a qualquer pessoa deslocar-se ao site do Zero Latency, escolher o dia, a hora, número de pessoas e proceder ao pagamento. Sugere-se, no entanto, a reserva on-line atempada do dia e hora da sessão pretendida. Este espaço poderá igualmente ser utilizado por empresas e grupos para reuniões, eventos, apresentações, etc.

0 comentários: