HMD Global, CGI e Google Cloud formam parceria para a construção dos futuros telefones da Nokia



A CGI comunicou o estabelecimento de uma parceria com a HMD Global, a empresa responsável pelos telefones da Nokia, e a Google Cloud para a transferência e armazenamento de dados de ativação e desempenho para a região da Google Cloud em Hamina, na Finlândia. Esta alteração irá permitir uma melhor experiência do cliente e do aparelho para os utilizadores da Nokia, aperfeiçoando a velocidade e a precisão das melhorias desenvolvidas para os telefones da Nokia.

Ao utilizar as avançadas tecnologias de Data Analytics e Machine Learning da Google Cloud, combinadas com os conhecimentos da CGI em Cloud e Data Science, a HMD Global poderá alavancar as suas competências em Data Analytics para beneficiar os utilizadores da Nokia em todo o mundo. Os primeiros smartphones da Nokia que irão contar com alojamento de dados neste novo centro serão os novos Nokia a partir do Nokia 4.2, Nokia 3.2 e Nokia 2.2. Os dados relativos a modelos anteriores serão migrados para Hamina após a atualização para o Android Q, que será iniciada no final deste ano e completada em 2020.
Para este desafio, a CGI criou uma infraestrutura de topo mundial a utilizar entre a recolha de dados em back-end e os smartphones, com uma arquitetura que promove a eficiência e a otimização da estrutura de custos. Com este passo, a HMD Global alavanca a expertise da CGI em analítica avançada para operar e monitorizar cuidadosamente a solução, maximizando o seu potencial. Esta alteração irá proporcionar também uma melhoria dos níveis de segurança, controlo e analítica, garantindo uma melhor experiência do cliente. Esta alteração reforça também o compromisso da HMD Global no cumprimento de todas as medidas de segurança e de legislação europeias, incluindo as regulações de privacidade de dados, tais como o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD).
Juho Sarvikas, Chief Product Officer da HMD Global, referiu que “queremos que todos os smartphones da Nokia se mantenham atuais por mais tempo e garantir que todas as pessoas possam desfrutar das mais recentes inovações da Google. Mantendo-nos fiéis à nossa herança finlandesa, decidimos formar esta parceria com a CGI e a plataforma da Google Cloud para garantir o cumprimento das nossas necessidades de alojamento de dados e o crescente investimento na nossa casa europeia”. “A Google Cloud e a CGI foram escolhas naturais para nossos parceiros estratégicos de Cloud, graças às nossas já existentes colaborações que garantem que estamos a implementar a nossa tecnologia de segurança de dados e de analítica a um nível global. Queremos manter-nos abertos e transparentes quanto à forma como recolhemos e alojamos dados de ativação dos aparelhos e garantir que as pessoas compreendem o porquê e a forma como isto melhora a sua experiência de utilização. Esta alteração pretende reforçar a nossa promessa junto dos nossos fãs de um Andorid atualizado, puro e seguro, com ênfase na segurança e na privacidade nos nossos servidores de dados na Finlândia”, acrescentou.
Martti Reilander, Vice-Presidente de Advanced Analytics Solutions da CGI Finlândia, defendeu que, “ao implementar as mais recentes tecnologias de recolha de dados e analítica, combinadas com aexpertise dos engenheiros e cientistas de dados da CGI, a HMD Global torna-se capaz de melhorar a segurança dos seus dados e de aprender com a experiência do cliente. A análise da utilização dos telefones e da satisfação do utilizador permite trabalhar com informação sobre como desenvolver os telefones de forma a proporcionar ainda melhores experiências e serviços para os fãs da Nokia em todo o mundo”.
“Como a Google garante que 100% da sua utilização anual de eletricidade a nível global é feita a partir de energias renováveis, a plataforma Google Cloud não vai apenas ao encontro das necessidades de software e de dados da HMD Global, garante também que a solução é inteiramente sustentável, aprofundando o nosso investimento no futuro”, referiu também Eva Fors, Managing Director da Google Cloud Northern Europe.

0 comentários: