63% dos portugueses ponderam comprar no Black Friday este ano segundo dados da Google Portugal



63% dos portugueses ponderam comprar no Black Friday este ano segundo dados da Google Portugal

Semana da Black Friday foi a semana com mais pesquisas em Portugal em 2018

Os portugueses usam esta data, sobretudo, para compras para si e também para os presentes de natal

Mais de metade dos portugueses (63%) pondera, este ano, fazer compras no Black Friday segundo uma pesquisa realizada pela Google Portugal em julho deste ano, o que mostra que esta data está cada vez mais enraizada em Portugal e é hoje um dos grandes momentos de consumo dos portugueses. 


Em 2018, a semana do Black Friday em Novembro foi a semana do ano que registou o maior número de pesquisas no Google em Portugal, sendo a maioria realizada em dispositivos móveis o que mostra que a busca por oportunidades, ofertas e promoções pode acontecer a qualquer momento e a partir de qualquer dispositivo. E esta é também uma tendência consistente ao longo do tempo uma vez que as pesquisas por Black Friday crescem 34% de ano para ano e ocorrem durante todo o mês de Novembro. 

A adesão dos portugueses ao Black Friday e a sua implantação em Portugal é também explicada pela quantidade e tipo de pesquisa na pesquisa Google e pelo fato de 46% das vendas de Bens de Grande Consumo em Portugal serem feitas em promoção (Fonte: Nielsen,  Winning into the Promo Jungle 2018).

"Sendo o Black Friday um dos principais momentos de consumo em Portugal é normal que os consumidores estejam mais predispostos à informação das marcas e por outro lado, que as marcas procurem múltiplas fórmulas e estratégias para chegar ao consumidor. Aliás, esta é uma época crítica para ambas as partes" explica Joana Bastos, Industry Manager na Google,

O consumidor português no Black Friday: O que compra e para quem?

O consumidor português é ser cada vez mais omnicanal ou seja tanto compra na loja online como na loja física - 64% dos consumidores ponderam comprar online de acordo com o estudo da Google realizado em Julho e que envolveu mais de 5000 pessoas. Apesar do vestuário e calçado e tecnologia concentrarem a maior parte das vendas no Black Friday os estudos mostram em Portugal há também uma intenção de compra de várias outras categorias: 

56% vestuário e calçado
49% tecnologia
24% perfumes e cosmética
21% eletrodomésticos
16% brinquedos
14% viagens

Já as compras nesta ocasião do ano destinam-se maioritariamente ao próprio consumidor (58%), seguido das compras de presentes de Natal (29%) e por fim compras para famílias e amigos (27%). 

Embora o Black Friday seja um momento chave de consumo ele é apenas o início. Os indicadores de pesquisa e comportamento mostram que, após este momento, segue-se a Cyber Monday e depois o Natal. "O consumo continua até ao Natal o que significa que o Black Friday não é um momento isolado. Todos estes momentos representam novos momentos de comunicação e novas oportunidades para marca de consumidores" explica Joana Bastos.

0 comentários: