Garmin ajuda-o a controlar o stress



O ritmo acelerado da vida da sociedade atual leva ao aparecimento do stress, que se tornou na última década um dos principais problemas de saúde mental, como indicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para que os seus utilizadores possam levar uma vida mais relaxada e saudável, a Garmin oferece benefícios que ajudam a controlar e reduzir o stress.


Reconhecer o stress
O stress é entendido como uma sobrecarga que tem a ver com as exigências de uma situação específica e com os recursos que a pessoa tem para lidar com eles. Um nível moderado de stress é algo que faz parte da vida e pode até ser positivo, pois ajuda a agir e a tomar decisões. O problema surge quando o stress se torna excessivo e persistente. É quando pode levar a problemas físicos ou emocionais, como ansiedade, fadiga crónica, exaustão e outros problemas de saúde, como processos infeciosos ou distúrbios psicofisiológicos.

Embora o stress esteja geralmente associado ao ambiente de trabalho, existem muitas outras situações que podem gerá-lo e, ao contrário do que geralmente se pensa, nem todas são negativas. Um casamento, o nascimento de um filho, uma mudança de emprego ou um primeiro encontro também podem ser situações stressantes.

Nem todas as pessoas reagem da mesma forma ao stress e, às vezes, pode ser difícil reconhecê-lo porque os seus sintomas físicos podem ser confusos. No entanto, a resposta ao stress é um fenómeno fisiológico que pode ser medido. Os dispositivos Garmin possuem um monitor que ajuda a verificar se o dia está a ser calmo, equilibrado ou stressante. Além disso, os lembretes de relaxamento incentivam o utilizador a realizar uma breve atividade de controlo da respiração que ajuda a manter o stress sob controlo.

Pratique exercícios físicos regularmente
Existem várias medidas que podem ajudar a controlar o stress. Uma das principais é a prática de exercício físico moderado, que, se feito regularmente, ajuda a relaxar. Além disso, praticar algum tipo de desporto ao ar livre é uma boa maneira de respirar e esquecer as preocupações por um tempo.

Os dispositivos Garmin estimulam a prática de desporto com benefícios, como sessões de treino animadas, aplicações desportivas integradas ou personal trainers virtuais e incentivam a consistência no desempenho do exercício. Também é importante a monitorização de pulso e a medição da oximetria de pulso(1) durante o exercício e em repouso, pois ajudam a conhecer o estado do corpo e a sua capacidade de recuperação durante todo o tempo.

Pare e respire
Quando se sentir stressado, faça uma pausa e demore alguns minutos. Os exercícios respiratórios facilitam o relaxamento e, portanto, a redução do stress. A função de respiração consciente incluída nos relógios Garmin pode ajudar a controlar a respiração quando o utilizador precisa relaxar ou concentrar-se.

Controlar o descanso
Um bom descanso é essencial para controlar o stress. Fins de semana e feriados devem ser momentos para desconectar e esquecer as preocupações quotidianas. Além disso, as horas e a qualidade do sono também influenciam o nível de stress. Idealmente, durma oito horas por dia e garanta que o sono seja repousante. Por meio dos seus dispositivos, a Garmin ajuda a ter um controlo avançado do sono, oferecendo informações detalhadas sobre como o utilizador dorme, com uma quebra das fases de sono leve, profundo e REM, além de oximetria de pulso1 e dados respiratórios.

Com todos esses recursos disponíveis nos dispositivos Garmin das séries vívomove® 3, vívoactive® 4 e Venu™, os utilizadores podem verificar os seus níveis de stress ao longo do dia e agir para reduzi-los e levar uma vida mais saudável e feliz.

PRVP Garmin vívomove® 3: Desde 249,99 euros (IVA incluído)
PRVP Garmin vívoactive® 4/4S: Desde 279,99 euros (IVA incluído)
PRVP Garmin Venu™: Desde 349,99 euros (IVA incluído)

1 Não são equipamentos médicos e não estão destinados a ser utilizados no diagnóstico ou monitorização de nenhuma condição médica; ver Garmin.com/ataccuracy. A função de pulsoximetría não está disponível em todos os países.

0 comentários: