inReach atinge marco histórico: 4.000 incidentes SOS emitidos



A Garmin anuncia que os seus dispositivos inReach foram usados para despoletar 4.000 incidentes de SOS em todo o mundo desde o lançamento da tecnologia em 2011. Os dispositivos com tecnologia inReach fornecem mensagens bidirecionais e função de rastreamento, capacidades de navegação, informação sobre atualizações climatéricas – tudo isto não só ao vivo mas também de forma completamente independente da cobertura de rede móvel, sendo feita 100% através da rede global de satélites Iridium®[i].


"Com centenas de milhares de dispositivos inReach a funcionar atualmente, todos os dias há pelo menos um incidente de pedido e resposta de SOS relacionado com o inReach nalguma parte do mundo", disse Vanessa Garrido, Marketing Manager da Garmin Iberia. "Só no verão de 2019, os dispositivos inReach ajudaram mais de 500 utilizadores que sofrem de diversas doenças, lesões e emergências a comunicarem a sua necessidade de pedido de assistência. Os mais aventureiros foram resgatados de uma grande variedade de situações perigosas, incluindo incêndios violentos, acidentes de avião – e até mesmo um encontro com ursos pardos".

O simbólico incidente 4.000 agora registado pela Garmin ocorreu no estado de Washington, quando Duane Konyn ficou doente enquanto competia numa prova Bigfoot 200. O atleta de 45 anos acionou um SOS através do seu comunicador de satélite inReach Mini depois de se deixar cair de joelhos com dores ao quarto dia da famosa ultramaratona. Um companheiro de corrida comunicou a sua situação médica via mensagens bidirecionais com o Centro Internacional de Coordenação de Resposta de Emergência GEOS (IERCC), que depois entrou em contacto com os serviços de emergência. Tratando-se do terreno remoto da montanha, o Destacamento de Ambulância Aérea do Exército dos EUA foi enviado e a equipa de resgate chegou através de um helicóptero Black Hawk, que transportou Duane Konyn em segurança até junto dos médicos, que determinaram um bloqueio na bexiga. Konyn – marido e pai de três filhos – acredita que se não tivesse um inReach ao seu alcance, poderia não ter sobrevivido à passagem da noite. Além disso, graças ao inReach conseguiu comunicar com a sua esposa durante um período de 12 horas.

"Estava de facto num local imensamente remoto. Sabia que precisava de ajuda e estava com medo porque não sabia como me iriam alcançar, e não tinha a certeza de que conseguiria passar a noite", disse Duane Konyn. "Recomendo sem qualquer dúvida o uso do inReach a todas as pessoas que precisem de ter algo para poderem comunicar quando estiverem no meio do nada".

Os comunicadores de satélite inReach permitem enfrentar situações de emergência acionando um SOS, que notifica o IERCC – que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, para responder às mensagens de SOS geradas pelo inReach, comunicando-se com o utilizador através de texto bidirecional para se poder conhecer mais sobre a natureza da emergência, rastrear a localização do dispositivo e coordenar com os socorristas os meios adequados para essa situação única. O IERCC confirma depois que a ajuda está a caminho e atualiza continuamente o utilizador sobre o ponto de situação do resgate ou da assistência necessária, tranquilizando quem está em aflição. A equipa do IERCC faz mais ainda: entra em contacto com as ligações de emergência do utilizador para os manter atualizados sobre a situação, e também para reunir dados adicionais.

Garmin inReach® Mini: Pequeno mas poderoso
O equipamento que se revelou fundamental no socorro pronto a Duane Konyn é um Comunicador por satélite leve e compacto, mas ao mesmo tempo robusto e leve. A conectividade entre unidades sem fios permite ao utilizador o controlo remoto do inReach Mini para enviar e receber mensagens através de dispositivos portáteis, wearables ou outros dispositivos móveis Garmin compatíveis. A monitorização da localização GPS permite ainda partilhar a localização com quem ficou em casa ou anda pelo terreno. Também permite publicar as aventuras nas redes sociais – e para uma navegação básica, dispõe de uma bússola que apresenta o rumo e distância ao longo de uma rota ou para um determinado ponto de passagem. A autonomia é outro ponto forte: A bateria de lítio interna e recarregável oferece até 90 horas de vida útil no modo de monitorização em intervalos de 10 minutos. O preço é outro argumento que joga em seu favor, uma vez que oferece um leque completo de características que podem salvar vidas por apenas desde 349,99 euros.

Para mais informações sobre as características, preços e disponibilidade, sobre os produtos e serviços da Garmin, visite os sites www.garmin.com  , www.garmin.blogs.com, https://twitter.com/GarminPortugal e https://www.facebook.com/GarminPT.

[1] Requer subscrição de serviço satélite.
NOTA: Algumas jurisdições regulam ou proíbem o uso de dispositivos de comunicação via satélite. É da responsabilidade do utilizador conhecer e seguir todas as leis aplicáveis nas jurisdições em que o dispositivo se destina a ser usado.

0 comentários: