Priberam usa Inteligência Artificial para monitorização tecnológica e apoio à tomada de decisões estratégicas



A Priberam acaba de ver aprovado pela Comissão Europeia o seu projeto NEOSIGHT, o qual irá ser desenvolvido ao longo dos próximos quatro meses, no sentido de disponibilizar ao mercado uma plataforma de Inteligência Artificial para apoio aos processos de monitorização tecnológica e de "horizon scanning".

O projeto NEOSIGHT faz parte de uma nova geração de ferramentas de monitorização de média baseadas em Inteligência Artificial, uma área na qual a Priberam tem apostado e investido fortemente nos últimos anos.
O NEOSIGHT foi um dos projetos selecionados pela Comissão Europeia para financiamento ao abrigo da Fase 1 do Instrumento PME Horizonte 2020. O Acelerador EIC (Instrumento PME) é um programa de financiamento público que apoia a inovação de risco e a inovação criadora de mercados em pequenas empresas disruptivas que tenham um significativo potencial de crescimento e ambições globais.
O Acelerador EIC faz parte do Horizonte 2020 – o programa de Investigação e Inovação da Comunidade Europeia para o período 2014-2020. Este é um programa extremamente exigente e para o qual só as mais inovadoras empresas europeias são selecionadas. A última fase encerrou a 5 de setembro passado e foi a mais concorrida e competitiva de todas, tendo contado com a participação de 3.299 PME, das quais menos de 10% (apenas 283) foram propostas para receber financiamento – e a Priberam foi uma delas.
De INSIGHT para NEOSIGHT
A plataforma que irá agora entrar em fase de produtização com o apoio financeiro da Comissão Europeia surge na sequência do INSIGHT (Horizon Scanning and Technology Intelligence), um projeto demonstrador apoiado financeiramente pelo programa Portugal 2020.
O principal objetivo do projeto INSIGHT foi a validação junto do mercado de uma plataforma de Inteligência Artificial de apoio aos processos de monitorização tecnológica ("technology intelligence") e de "horizon scanning". Embora com finalidades diferentes, estes dois processos consistem na captura, análise, seleção e disseminação sistemática de informação para apoio à tomada de decisões estratégicas numa empresa ou organização.
A plataforma de monitorização inteligente da Priberam baseia-se em tecnologias de processamento de linguagem natural, "machine learning" e "deep learning".
Carlos Amaral, CEO da Priberam, explica que "este processo de monitorização tem como objetivo apoiar as empresas na tomada de decisões estratégicas relativamente à adoção de novas tecnologias ou à criação de novos produtos."
"Este objetivo é dificultado pelo facto de esta observação e avaliação de potenciais tecnologias ter que ser feita num âmbito muito alargado, que se estende para além do que são as fronteiras normais do setor, bem como pelo volume crescente de informação disponível na Internet", conclui este responsável.
A Priberam validou este "demonstrador" no contexto do setor da indústria aeronáutica através da Embraer.[1] Foram já identificadas várias empresas que sinalizaram o seu interesse nos setores da aeronáutica, indústria automóvel, farmacêutica e de média.
O projeto INSIGHT foi apoiado pela ANI – Agência Nacional de Inovação – através do Sistema de Incentivos à I&DT Empresarial – Projetos Demonstradores Individuais e cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa Operacional Regional de Lisboa, no âmbito do Portugal 2020.


[1] A apresentação pública foi feita num workshop realizado no dia 29 de Outubro, no Tagus Park (https://www.eventbrite.pt/e/registo-sessao-publica-de-demonstracao-do-projeto-insight-76454622835)

0 comentários: